Meio Bit » Games » Cultura Gamer » Máquina funcional de Primal Rage II está disponível para todos

Máquina funcional de Primal Rage II está disponível para todos

Raríssimo gabinete funcional de Primal Rage II aparece em arcade dos Estados Unidos, e está disponível para quem quiser jogar

6 anos atrás

primal-rage-ii

Primal Rage, o mítico game de luta da Atari protagonizado por criaturas pré-históricas nunca foi um game lá muito bom, mas sua sequência direta foi o pivô de uma dessas histórias interessantes da indústria dos games. O game original foi lançado para arcades em 1994 e foi portado para inúmeras plataformas. Obviamente, os trabalhos em torno de sua sequência começaram muito pouco tempo depois, embora problemas no processo e a expectativa de baixas vendas (afinal, estavam trocando os dinos por humanos) fizeram com que Primal Rage II fosse cancelado.

Só que algumas pouquíssimas cópias funcionais foram produzidas, e no ano passado surgiu na internet o primeiro gameplay do game. E agora uma casa de arcades nos Estados Unidos será a pioneira em oferecer a máquina para quem quiser jogar.

A casa em questão é a Galloping Ghost Arcade, localizada em Brookfield, Illinois. O interessante é que pela primeira vez é possível conferir como o jogo seria caso fosse lançado em 1996, já que devido a informações escassas e não verificadas é quase que impossível ter certeza de alguma coisa. Resumindo o plot, no jogo original o jogador assumia o controle de uma das sete criaturas pré-históricas disponíveis, pelo controle de uma Terra num futuro apocalíptico. Imagine Planeta dos Macacos com dinos e símios gigantes com poderes, e humanos os adorando como deuses e servindo apenas como lanches. Em Primal Rage II as criaturas foram aprisionadas, e por isso nomeiam avatares humanos e concedem seus poderem para que lutem em seu lugar.

Por essa premissa é fácil ver por que ele não passou da fase de projeto: jogos de luta com pessoas já existiam aos montes e mesmo tosco, um game com dinos se esbofeteando é mais apelativo. Como essa decisão não foi revista (uma série em quadrinhos chamada Primal Rage: The Avatars foi lançada em 1997 contando essa história, já que o game não vingou) e prevendo que ele venderia muito mal, a Atari engavetou o projeto. Algumas informações circularam a internet nesses 18 anos quase como uma lenda urbana, fazendo de Primal Rage II um Santo Graal tosco dos arcades.

Se você estiver pelos arredores, vale conferir o game e descobrir se o game vale a pena ou seu cancelamento foi acertado. Se estiver curioso e quiser ver mais vídeos do game, acesse o Twitch.

Fonte: J.

relacionados


Comentários