Meio Bit » Fotografia » Lightroom CC continua parcialmente funcional após vencimento da licença

Lightroom CC continua parcialmente funcional após vencimento da licença

E com a última atualização do Lightroom Creative Cloud a Adobe oferece ao seu usuário a possibilidade de manter algumas funcionalidades do programa mesmo após a assinatura ser cancelada ou terminar o prazo de validade.

6 anos atrás

Se você leva a fotografia a sério então deve conhecer os programas da Adobe. O Photoshop é o mais conhecido, mesmo pelos leigos, que já chamam qualquer edição ou alteração drástica de imagem simplesmente como Photoshopada. Para os conhecedores avançados da fotografia, e para quase a totalidade dos fotógrafos profissionais, existe um outro programa muito mais importante. O Lightroom veio para transformar o nosso fluxo de trabalho e nos presentear com qualidade, a possibilidade de automatizar vários processos e economizar tempo em edições em lote. Ou seja, tudo que precisávamos nessa nova realidade da fotografia digital onde o fotógrafo é responsável pela captura da imagem e também pelo seu processo de “revelação”.

Justamente pela ferramenta ter se tornado tão importante, muitos usuários ficaram preocupados com a iniciativa da Adobe em transformar seus principais produtos em um serviço de assinatura anual. Se eu não desejo mais pagar pelo serviço, como ficam minhas milhares de fotos que estão organizadas e editadas dentro de um catálogo do Lightroom? Quando você tem a versão completa do programa, nada impede que você não o atualize para a nova versão, escolhendo assim manter a versão antiga e totalmente funcional. Eu mesmo ainda utilizo o Lightroom 4 e estou feliz (por enquanto). Quem migrou para o Creative Cloud não tinha essa opção. Quando a assinatura acabava o programa se tornava inútil. Pelo menos até agora.

Toda a suíte de aplicativos CC passou por uma atualização em 2014 e assumiu sua mais nova versão. No caso do Lightroom CC a novidade é que ao acabar a assinatura anual (e o usuário resolver não renovar) o programa não vai se tornar totalmente inerte. Serão desativados o modo Develop e o modo Maps. O primeiro vai impedir que você faça edições mais finas em suas fotos, mas anda é possível manter o modo biblioteca. Ou seja, você continua com suas fotos organizadas, pode exportar os arquivos em alta resolução e se utilizar das edições básicas que encontramos na biblioteca. O modo Maps será desativado por conta dos royalties pagos ao Google para a utilização de seu serviço de georreferenciamento. Pode parecer pouco, mas você não vai perder sua enorme biblioteca e organização por conta da finalização do pagamento do serviço.

Adobe-Lightroom-5

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários