Meio Bit » Hardware » Próximo Windows continuará executando apps Modern

Próximo Windows continuará executando apps Modern

Executivo da Microsoft confirma rumores de que apps Modern estarão presentes na “próxima versão do Windows”, que pode ser um update do 8 ou um novo SO

6 anos atrás

next-windows

Ontem, durante a WPC 2014 a Microsoft deu maiores detalhes sobre alguns recursos que estarão presentes na próxima versão do Windows, que até o momento não está claro que se trata de um novo sistema operacional (o tal Threshold, apelidado de Windows 9) ou mesmo uma atualização do Windows 8. Uma coisa entretanto foi clarificada: os rumores divulgados anteriormente estavam corretos.

O VP de marketing da Microsoft (e ex-SVP de Operações da HP) Tony Prophet esclareceu alguns pontos acerca do que a "próxima versão do Windows" (é assim que a distribuição é chamada, o que pode significar qualquer coisa) trará, algo que o VP de Sistemas Operacionais já havia pincelado anteriormente sem entrar em detalhes. Prophet também não revelou nada novo, apenas explicou algumas coisas que já transitavam na internet devido o suposto vazamento da imagem da próxima versão, o que ele indiretamente acabou por confirmar que é real de certa forma.

As novidades que o executivo comentou giram em torno da nova abordagem que a Microsoft fará com a interface Modern, depois da repulsa geral por parte do público ao Windows 8. Entretanto, Redmond não dará o braço a torcer e quer que as Live Tiles continuem presentes no desktop. Isso levou à criação do Menu Iniciar híbrido, que funciona como o clássico presente no Windows 7 e incorpora os apps do Windows 8. A outra novidade também já era conhecida através do vazamento, que é a possibilidade de executar os apps Modern em modo janela no desktop. Segundo Prophet, isso permitirá que o usuário possa utilizar vários deles ao mesmo tempo, assim como utilizá-los lado a lado com aplicações x86 tradicionais.

Esse movimento mostra que Redmond entendeu que não adianta mesclar desktop e mobile, principalmente se o usuário faz grande uso de aplicações de desktop. O Modern acaba sendo mais um estorvo do que um auxílio, e com isso a Microsoft decidiu separar os ambientes em definitivo. Os apps Modern permanecerão porque a empresa ainda vê certa utilidade neles no desktop, embora o ideal seria restringí-los a ambientes mobile.

No fim, não está claro qual versão do Windows trará essas novidades, se para o suposto update do Windows 8, esperado para o fim do ano ou para o Threshold, que seria a próxima versão do SO e que daria as caras só em 2015.

Fonte: C.

relacionados


Comentários