Meio Bit » Ciência » Espaço » Assista o Padre Voador 2 — a Missão

Assista o Padre Voador 2 — a Missão

Lembra do Padre Voador? Pois é, agora vão fazer direito. Um Ariane 5 levará para os céus o nome não daquele cidadão desavisado, mas de Georges Lemaître. O sacerdote jesuíta e cientista, criador da Teoria do Big Bang teve seu nome usado para batizar o ATV-5, última das naves de carga da Agência Espacial Européia. E o melhor, ela decola amanhã da Guiana Francesa. Clique e descubra como assistir.

6 anos atrás

Ariane_5_in_the_BAF_ready_for_transfer_to_the_launch_pad_fullwidth

Ok, pra ser justo dessa vez o padre não vai usar balões, vai voar em um foguete Ariane 5ES, um monstro do tamanho de um prédio de 15 andares, pesando 760 toneladas. Isso tudo colocará em órbita quase 7 mil kg de suprimentos para a Estação Espacial, entregue em mãos pelo sacerdote jesuíta Georges Lemaître. Ele é o 5º homenageado pela Agência Espacial Européia, batizando a nave cargueira ATV-5. Antes vieram Albert Einstein, Edoardo Amaldi, Johannes Kepler e o primeiro, o mui apropriadamente batizado ATV-1 Júlio Verne.

O Automated Transfer Vehicle é o equivalente europeu da russa Progress e da americana Cygnus, A Dragon como tem capacidade de pouso, está em outra categoria.

Georges Lemaître é uma excelente escolha. Padre e astrônomo, É considerado o Pai do Big Bang (sorry, Jeová) tendo proposto o conceito de “átomo primordial” em 1927. Pois é. No tempo de vovó mocinha um padre não só estava confortável com o conceito de um Universo com bilhões de anos, como foi o autor de um dos conceitos que explicava isso. É uma figura a ser respeitada, ao contrário dessa gente aqui.

O ATV-5 depois de cumprir sua missão levando suprimentos será carregado com material a ser descartado, se separará da ISS e efetuará uma manobra para sair de órbita, queimando na atmosfera, mas como bom cientista o Padre Lemaître vai aproveitar a oportunidade para uma última experiência. O ATV será equipado com uma caixa-preta contando uma câmera e equipamentos de transmissão. Utilizando uma área na traseira do ATV onde há uma janela na camada de plasma que envolve uma nave em reentrada, transmitirão em tempo real vídeo da manobra. Pela primeira vez veremos (propositalmente) uma nave se despedaçar. Boas chances de não ter nada a ver com Gravity.

orion-l-1

A parte triste é que o ATV-5 é o último de sua classe. A Europa não irá construir mais ATVs, mas CALMA! Eles não serão esquecidos. O ATV é a base do módulo de serviço da cápsula Orion, da NASA. Em um exemplar caso de cooperação internacional a Europa fará o módulo que abrigará suprimentos, sistemas de suporte vital e muito mais, nas futuras missões a asteróides e quem sabe até a Marte.

O ATV-5 subirá, se tudo der certo nesta terça-feira, 29/7, às 23:44 GMT, ou 19:44 Hora de Brasília. O lançamento será na base da Guiana Francesa, e dará pra acompanhar via streaming pelo site da ESA, pelo Spaceflightnow e talvez pela NASA TV. Se você puder, acompanhe. O lançamento de um ATV é sempre um espetáculo, veja:

European Space Agency, ESA — ATV-4 Launch Highlights

E sim, claro que significa mais pedaço de foguete caindo nas costas brasileiras, encontrado pelos ribeirinhos e jornalistas retardados chamando de “objeto não identificado” mesmo o troço tendo ESCRITO “Arianespace” e “UK Space Agency”.

relacionados


Comentários