Meio Bit » Games » Star Citizen entra para o Livro dos Recordes

Star Citizen entra para o Livro dos Recordes

Financiamento coletivo do Star Citizen chega a US$ 55 milhões e jogo entrará para o Livro dos Recordes como a maior campanha de financiamento coletivo da história.

6 anos atrás

star-citizen

Nos últimos meses temos falados aqui no Meio Bit Games sobre a façanha de Chris Roberts e a campanha de financiamento coletivo do seu novo jogo, o Star Citizen, mas pelo jeito somente o céu será o limite para o simulador espacial do criador da série Wing Commander.

Após se arriscar no Kickstarter e conseguir “apenas” US$ 2,1 milhões, o jogo passou a arrecadar contribuições através do seu próprio site e desde então a quantia conseguida por eles tem crescido exponencialmente, chegando até a marca de US$ 55 milhões e fazendo com que o título entrasse para o Guinness.

O mais impressionante no entanto é que de acordo com o anúncio feito no site oficial, o Star Citizen não será homenageado por ser a maior campanha de financiamento coletivo para um jogo, mas sim para qualquer projeto que tenha se arriscado desta maneira, algo do qual o game designer e sua equipe devem estar bastante orgulhosos.

Com tanto dinheiro em caixa, é natural pensarmos que a desenvolvedora de Roberts está com o burro na sombra, mas de acordo com ele, a intenção é fazer com que todo dinheiro arrecadado antes do lançamento seja utilizado na produção do jogo e ressaltou a importância das as pessoas continuarem dando suas contribuições, pois será isso que definirá o tamanho do Star Citizen.

Todo esforço se trata de enriquecer a visão do jogo,” disse Chris Roberts em um trecho do comunicado. “O financiamento até o momento nos permitiu ir além do que pensei que seria possível em 2012. Você ainda receberá aquele jogo, não há dúvidas, mas ele será mais rico e muito mais imersivo por causa do financiamento adicional.

Isso me faz ter a sensação de que o projeto teve um pouco de sorte, pois mesmo com as muitas melhorias adicionadas com o passar dos meses (e mais dinheiro no caixa), será que a meta inicial proposta pela empresa não era baixa demais? O que será que teria acontecido se a campanha fora do Kickstarter não tivesse explodido? Será que a Cloud Imperium Games realmente conseguiria terminar o jogo?

Claro, sem tanto dinheiro eles provavelmente teriam que lançar algo bem menor, não ter quase 300 funcionários e tentar expandir o jogo depois que ele tivesse sido lançado, mas com tantos projetos de financiamento coletivo indo para o brejo por seus idealizadores terem menosprezado os gastos, tenho minhas dúvidas se o Star Citizen não poderia ter tido o mesmo destino.

relacionados


Comentários