Meio Bit » Ciência » A Caçada Aos Vermelhos em Outubro*

A Caçada Aos Vermelhos em Outubro*

Você perdeu um submarino? Alguém perdeu, provavelmente Moscou, mas eles não admitem, enquanto isso os suecos estão pilhados com transmissões em russo vindas do meio do Arquipélago de Estocolmo, nas barbas deles. Para piorar a situação um petroleiro russo está bundeando perto da Suécia, como se esperasse alguém. Leia e veja em que pé está essa quizumba, mas não reclame, Tom Clancy morreu, fazemos o possível com o material que temos!

6 anos atrás

article-2441457-1871F9CC00000578-906_964x642

“Capitão, eu falei que devíamos ter virado à esquerda em Albuquerque” “Cale a boca, Dimitry”

No dia 12 de agosto de 2000 o submarino nuclear lançador de mísseis balísticos K-141 Kursk sofreu um acidente durante exercícios no Mar de Barents. Um torpedo mal-construído começou a vazar oxidante e logo uma explosão equivalente a 250 kg de TNT abriu um rombo no casco. O Kursk afundou imediatamente, matando 95 do 118 tripulantes. Atingindo o fundo do oceano a 108 metros de profundidade, não precisava ser tão complicado um resgate, mas os russos fazem as coisas do seu próprio jeito.

O recém-eleito Presidente Putin se recusou a cancelar suas férias, em Sochi. Ingleses, americanos e noruegueses ofereceram ajuda, foram ignorados na base do “está tudo sob controle” e que não precisavam se incomodar.

Moscou achou que todo mundo já estava morto mesmo, mas depois que finalmente aceitaram ajuda, mergulhadores noruegueses acharam 24 corpos amontoados em um compartimento próximo da popa. Eles sobreviveram vários dias até que um segundo acidente provocou um incêndio. Acharam até mensagens escritas dos tripulantes para suas famílias.

Agora parece que a História se Repete.

No dia 17 a NSA Sueca (que deve ser muito mais loura gata que a norte-americana) detectou uma transmissão em russo vinda de um ponto no Arquipélago de Estocolmo, mais ou menos aqui:

handelse1

Como? Você não lê sueco?

O sinal foi transmitido em uma frequência de emergência usada pelos russos. A Inteligência Sueca ficou de orelhas atentas e no dia seguinte detectou outro sinal, desta vez criptografado. Conseguiram identificar a resposta, vinda de uma fonte de rádio em Kaliningrado, Rússia.

As forças suecas foram para o mar, estão varrendo a região e já concluíram que o sinal foi emitido por um submarino. Não sabem se um nuclear, um diesel ou um mini-submarino elétrico de espionagem, daqueles que a Melhor Coréia gosta. As chances de ser um nuclear são pequenas, a região é muito rasa. Mesmo um submarino comum teria problemas. Não que seja impossível. Os próprios suecos que o digam.

Em 1981 um submarino Classe Whiskey de 1.000 toneladas bateu em uma rocha submersa e foi obrigado a emergir. Isso foi a 2 km da maior base naval sueca. Os dois países chegaram muito, muito perto das vias de fato. Para piorar sondagens mostraram que o barco soviético estava armado com torpedos nucleares.

Hoje o clima internacional não está quente como na Guerra Fria mas os suecos continuam extremamente territoriais. A ideia de russos espionando em seu quintal não é agradável.

Para piorar, assim que o sinal foi enviado um petroleiro russo, o NS Concord navegando sob bandeira de conveniência da Libéria (mas sem Ebola) começou a ir e vir em águas internacionais próximas à Suécia. Veja a rota:

B0QZzMMIUAMgFPa

Suspeito, não? Como se estivesse esperando alguma coisa…

O problema é que o Arquipélago de Estocolmo tem mais de 30 mil ilhas, as águas rasas são péssimas pro SONAR, boa parte da busca é visual. Dizem os militares suecos que já catalogaram três avistamentos.

avistamento

Imagem de avistamento do submarino russo, devidamente ampliada com os recursos do laboratório CSI do MeioBit.

O governo russo nega ter conhecimento de qualquer submarino, acidentado ou não na região. Mesmo sem estar danificado e com um capitão especialmente bom, daqueles lituanos no comando, um mini-submarino só teria condições de funcionar por alguns dias. Se o barco estiver com problemas, o normal seria emergir e pedir ajuda, não estamos em guerra, não há razão para afundar com navio.

RT — Sweden on alert, deploys troops in alleged underwater threat

A última de Moscou é que o submarino em questão era holandês. O que é excelente exceto que não explica a comunicação em russo.

O pior cenário é o capitão do submarino insistir no “vai que dá” e acabar naufragando. Putin já deixou claro que estão por conta própria, os suecos avisaram a população civil para evitar navegar em certas partes do arquipélago.

A situação não vai degringolar em pancadaria generalizada, o que é ótimo e torna mais divertido ainda ver os russos brincando de guerrinha com alguém bem melhor armado que os ucranianos.

*Título kibado descaradamente de um comentário do Reddit. Me processe.

Fonte: SVD.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários