Meio Bit » Filmes e séries » Marvel Quer Sangue, de preferência de quem vazou o trailer de Vingadores

Marvel Quer Sangue, de preferência de quem vazou o trailer de Vingadores

Marvel Esmaga. Ou pior, Disney. Nada satisfeitos com o vazamento do trailer de Vingadores — Era de Ultron, Marvel entrou com uma ação na Justiça pro Google revelar os dados do sujeito que postou o material.

6 anos atrás

“Puny god!”

O trailer de Vingadores — Era de Ultron é lindo. Tem tudo, Mercúrio Feiticeira Escarlate, armadura Hulkbuster, Ultron, escudo quebrado, Capitão América quase movendo Mjolnir e uma versão absolutamente sinistra da música de Pinóquio, enterrando de vez qualquer dúvida de que Marvel e Disney foi uma excelente idéia.

O que não foi legal foi um zé ruela ter vazado o trailer que a Marvel preparou para passar durante o episódio de Agentes da SHIELD, melando a surpresa e prejudicando bastante a série, que seria beneficiada pela audiência extra, ainda mais agora na (excelente) segunda temporada. 

No Twitter a Marvel postou um “Damn, Hydra”, que ficou legalzinho, mas os advogados são bem menos bem-humorados, e desceram com a Fúria de Odin, atrás do mané que enfiou o dedo no bolo. Entraram com um requerimento na Justiça via DMCA, exigindo que o Google revele os dados, incluindo IP do sujeito que usou YouTube e GDrive para disponibilizar o trailer.

A audiência está marcada pra dia 18, até lá o sujeito tem tempo de fugir para a América do Sul ou outro fim de mundo, pois se brigar com o Rato já era complicado, com o Super-Rato vira mais covardia do que o embate Thanos vs Garota-Esquilo.

“Vazamentos” são comumente usados como forma de divulgação, é uma estratégia de marketing mais batida do que os idiotas que colocam “banido” no título dos comerciais velhos no YouTube. Isso cria a falsa impressão de que não dá em nada. Só que mexeram na parte mais sensível do império, o bolso. Eu entendo o furor de ver um filme quando demora meses pra chegar na sua cidade, mas furar o olho da própria empresa (sim, claro que foi interno) por causa de algumas horas é mesquinharia, e não é todo dia que alguém consegue ser mais mesquinho do que uma empresa que alterou a Lei de Copyright em benefício próprio.

Que queime. (o cara, não a Disney, ela é mesquinha mas faz filmes excelentes!)

Fonte: HR.

relacionados


Comentários