Meio Bit » Miscelâneas » Que tal rodar Linux em modo janela no Chromebook?

Que tal rodar Linux em modo janela no Chromebook?

Chromebook acaba se ficar mais interessante: agora é possível executar Debian ou Ubuntu em modo janela graças a uma extensão e alguns comandos simples

6 anos atrás

linux-windows-chromebook

Muita gente reclama pacas dos Chromebooks, com certa razão: embora sejam máquinas baratas que democratizem o acesso à internet (lá fora, pois aqui o lucro Brasil já fez das suas, né Acer e Samsung?), elas ainda não são ferramentas muito úteis para quem precisa de algo mais útil que um browser.

Edição de documentos? O Google Docs dá conta, mas digamos que você precise de algo mais específico. Algumas soluções têm aparecido, como a Adobe desenvolvendo uma versão cloud do Photoshop (afinal sua base instalada não pode ser ignorada) mas ainda está longe do cenário ideal, em que um Chromebook seria algo mais próximo de um ultrabook completo.

É aí que entra uma sacada genial: o Google está introduzindo um modo de executar distribuições Linux diretamente no Chrome OS, em modo janela.

Nós sabemos que rodar Linux e Chrome OS de forma paralela não é nenhuma novidade, afinal o SO de Mountain View é baseado no pinguim. A diferença está no fato de não mais ser necessário instalar o Linux em uma máquina virtual; a partir de agora você pode executar o sistema diretamente em modo janela, com todos os recursos disponíveis.

Você vai precisar de (X-Tudo mode on):

  • um Chromebook em modo desenvolvedor (não é Dev Channel, preste atenção);
  • a extensão Crouton Integration Chrome Extension, disponível aqui;
  • o Crouton, que você baixa aqui;
  • Um pouquinho de paciência.

Mãos à obra: você vai primeiro instalar a extensão e depois o Crouton, e só então abrir o Terminal, digitar “shell” e na sequência “sudo sh ~/Downloads/crouton”. E só.

Por enquanto somente as distribuições Debian e Ubuntu são compatíveis com o Crouton, mas é questão de tempo para que mais sabores do Linux sejam introduzidos (a comunidade vai correr atrás disso). No mais é uma alternativa a quem possui um Chromebook e gostaria de adicionar mais poder de fogo de uma forma simples.

Fonte: G+.

relacionados


Comentários