Meio Bit » Mercado » Graças ao sucesso do iPhone 6 (e o Plus), Apple empata com Samsung

Graças ao sucesso do iPhone 6 (e o Plus), Apple empata com Samsung

Samsung divulga relatório financeiro e amarga fracos resultados em 2014. Uma das culpadas é a Apple, que teve seu melhor fim de ano e conseguiu empatar o jogo com a sul-coreana.

5 anos e meio atrás

Laguna_Samsung_vietnamese_shipyard

Não são o Prelude, mas chegam perto (crédito: SeaShip News)

A Samsung divulgou aos acionistas o balanço geral do quarto trimestre do ano fiscal de 2014. Temos o seguinte: receita de ₩ 52,73 trilhões (US$ 49,11 bilhões) e lucro líquido de 5,3 trilhões de wones (4,8 bilhões de dólares). Números interessantes para uma empresa que fabrica até tanque de guerra, mas representam queda de 27 por cento nos lucros em relação ao quarto trimestre de 2013.

Quando voltamos as atenções apenas para o ramo dos smartphones, os números do mesmo período (4º trimestre) do ano fiscal de 2014 foram os seguintes: receita de 26,29 trilhões de wones (24 bilhões de dólares) e lucro líquido de ₩ 1,96 trilhão (US$ 1,8 bilhão). Mais um trimestre de queda. Isso mesmo, 2014 não foi um ano nada generoso para a sul-coreana, menor lucro desde 2011.

Além dos tropeços da própria Samsung, outra culpada pela queda nos lucros pode atender pelo nome de Apple. Mais especificamente, o iPhone 6.

Laguna_iPhone_6_Germany

2014 reservou algumas das melhores festas de fim de ano para a Maçã (crédito: Business Insider)

No primeiro trimestre fiscal de 2015, que terminou dia 27 de dezembro de 2014, a Apple vendeu nada menos que 74,5 milhões de smartphones no mundo. Boa parte deles correspondem ao iPhone 6 e iPhone 6 Plus. Na China. Adivinhem quem pela primeira vez foi líder naquele mercado?

A Maçã ultrapassou Xiaomi e Huawei em número de smartphones vendidos. Detalhe que agora a China é o segundo país que mais comprou iPhone, só perdendo por pouco para os Estados Unidos. É, chinês gosta de coisa boa, nem que tenha de pagar US$ 400 a mais que os produtos similares nacionais, impressionante!

Graças a tudo isso, a Apple empatou com a sul-coreana na participação do mercado mundial durante o mesmo trimestre. Isso quer dizer que mesmo vendendo apenas smartphones, a Maçã empatou, em número de novos aparelhos vendidos, com todos os smartphones Samsung também comercializados no último trimestre de 2014. Ambas tiveram market share de 19,6 por cento. Em terceiro lugar, temos a chinesa Lenovo (dona da Motorola) com 6,5 por cento do mercado.

Juntando os iPhones aos 21,4 milhões de iPads e os 5,6 milhões de computadores vendidos em tal trimestre, a empresa teve receita de US$ 74,6 bilhões e um lucro líquido de 18 bilhões de dólares (alta de quase 40% em relação ao quarto trimestre de 2013). Nada mal para quem só faz alguns poucos eletrônicos.

Robert M. Yi, o vice-presidente sênior de relações públicas da Samsung diz que “o ambiente corporativo em 2015 será tão desafiador quanto em 2014” graças à recessão econômica, bem como uma maior competição e o crescente custo de desenvolvimento de novas tecnologias para atrair o consumidor cada vez mais exigente.

Mesmo melhorando o cenário, os desenvolvedores ainda lucram mais no iOS do que no Android. 2015 realmente não vai ser fácil para a Samsung, se depender da Apple.

Leia também:

relacionados


Comentários