Meio Bit » Hardware » Saiba se seu PC suportará o Windows 10 (PLUS: RT morreu de vez)

Saiba se seu PC suportará o Windows 10 (PLUS: RT morreu de vez)

Reveladas as exigências mínimas de hardware do Windows 10 para desktops, híbridos e smartphones; sem surpresa o Windows RT não será atualizado

5 anos e meio atrás

windows-10

Se tem uma coisa que a Microsoft aprendeu com o Windows Vista é que não dá para forçar todo mundo a troca de PC toda vez que um SO novo é lançado. O famigerado sistema lançado em 2007 pedia especificações muito altas para a época, o que fazia com que ele rodasse bem somente em máquinas potentes e/ou novas. A reclamação foi geral, e com o Windows 7 eles corrigiram isso.

O Windows 8 foi seguiu a cartilha, a exigência de hardware não era muito alta, e o mesmo ocorre com o Windows 10: como a ideia é oferecer o sistema para todo mundo de forma legítima, até para os piratas ele não poderia ser um comilão de recursos. E não será.

Isso é, pelo menos para quem não roda Windows RT, esses dançaram.

windows-10-requirements

Comecemos pelos que vão rodar o Windows 10 no desktop. O boot UEFI deverá ser padrão mas isso não chega a ser uma novidade; já a exigência de RAM fica em no mínimo 1 GB para a versão de 32 bits e 2 GB na de 64 bits. O espaço mínimo em disco que o Windows 10 exige é 16 GB e 20 GB respectivamente, e por fim resolução mínima de 800 x 600 pixels e DirectX 9. Ou seja, chutaram baixo mesmo.

Para tablets e híbridos a exigência mínima são os chips Atom Bay Trail ou x3, ou Carrizo ou Carrizo-L da AMD, além de SoCs da Qualcomm (incluindo modelos que serão lançados em breve pelas três empresas). Os dispositivos terão que contar com botões de volume e liga/desliga. O botão de bloqueio de tela é opcional.

windows-10-mobile-requirements

Nos smartphones a exigência também não é alta, até para permitir que a grande maioria dos dispositivos possam ser atualizados. Os aparelhos terão que ter no mínimo 4 GB de memória Flash (neste caso é preciso um cartão Micro-SD para que eles recebam os updates) e DirectX 9. A quantidade de RAM necessária varia conforme a resolução do display, de 3 a 8 polegadas: o mínimo exigido é 512 MB para telas de 800 × 480 pixels e o máximo é 4 GB, para displays de 2560 × 2048 pixels ou maior.

Ou seja, a Microsoft está correndo para atualizar quase todos os aparelhos que estão rodando Windows hoje, a partir do 7 até o 8.1 e Windows Phone. Digo quase porque o RT dançou de vez.

windows-10-upgrade-matrix

A matriz de atualizações revelada ontem mostra quais versões do Windows receberão o update para o 10 diretamente, e como era de se esperar apenas o Windows 7 SP1 e o Windows 8.1 S14 (o último grande update liberado em abril) são elegíveis. Para quem roda o 7 RTM, o 8 ou o 8.1 RTM não haverá opções de atualização automática, será preciso adquirir a ISO e fazer uma instalação limpa. No mobile apenas o WP8.1 será atualizado diretamente via Windows Update.

Já o Windows RT, que não é mais comercializado foi enfim posto de lado. É compreensível, o produto é diferente demais da proposta do Windows 10 e acabaria como o patinho feio da família W10. A grande maioria dos consumidores não gostou de um SO sem Área de Trabalho e os processadores Bay Trail da Intel se mostraram mais baratos e melhores que os chips ARM, permitindo a instalação da versão Pro do Windows 8 nesses dispositivos.

Eu creio que a Microsoft tenha sequer tentado atualizar a plataforma, afinal para que manter um zumbi vivo se não serão lançados novos produtos compatíveis? É uma pena, mas quem investiu num Lumia 2520 ficará preso no Windows 8 forever and ever.

Fonte: TNW.

relacionados


Comentários