Meio Bit » Games » Conker enfim ganhará novo jogo (ou quase isso)

Conker enfim ganhará novo jogo (ou quase isso)

Microsoft anuncia novo jogo do Conker, mas frustra muitos fãs ao revelar que ele será lançado por episódios através do Project Spark.

6 anos e meio atrás

Conkers-Big-Reunion

Durante muitos anos vimos uma legião de fãs clamarem por uma continuação para o Conker's Bad Fur Day e tal interesse é plenamente compreensível. Um dos jogos mais ousados já feitos, com uma ótima jogabilidade e com uma enxurrada de boas piadas, o título para Nintendo 64 era de fato muito bom e embora o primeiro Xbox tenha recebido uma versão do jogo, os jogadores queriam mais e a Microsoft resolveu enfim atendê-los. Quer dizer, mais ou menos.

Com o nome de Conker's Big Reunion, o game será uma aventura lançada por episódios, o que já ficou provado que não é algo ruim, mas o que deverá colocar uma pulga atrás da orelha dos mais conservadores é a plataforma escolhida para fazer a distribuição do game, o Project Spark.

Isso mesmo, embora o anuncio signifique que a partir do dia 23 de abril teremos a oportunidade de jogar no PC ou no Xbox One um novo jogo do malcriado esquilo, ele será “apenas” uma criação feita pelo pessoal do Team Dakota, mesmos responsáveis pela ferramenta que funciona como um grande sandbox.

Nele a história se passará 10 anos após os eventos mostrados no Bad Fur Day, quando Conker se encontra numa situação deplorável e decide reunir velhos amigos. A premissa até é interessante, mas infelizmente nada foi dito sobre o preço que será cobrado pelo capítulos, muito menos sobre a frequência com que eles serão lançados.

Além do jogo propriamente dito, foi revelado também o lançamento de um pacote que trará 300 itens baseados na franquia e que nos permitirão criar nossos próprios games, o que pode significar o surgimento de a muita coisa interessante.

O jeito agora é esperar para ver se a intenção da desenvolvedora conseguirá nos entregar algo divertido, mas mesmo não sendo o Conker que muitos de nós esperava, este pode ser o chamariz que o Project Spark tanto precisa, pois se no papel a ideia de um programa que nos permitiria criar jogos era muito boa, ela não parece ter se transformado no sucesso que imaginávamos.

Fonte: games.on.net.

relacionados


Comentários