Meio Bit » Games » Sony adquire o OnLive e anuncia fim do serviço

Sony adquire o OnLive e anuncia fim do serviço

Sony anuncia a compra do OnLive e com isso dá outro passo importante para consolidar o streaming de jogos. Serviço deixará de funcionar no final deste mês.

5 anos atrás

onlive

Quando em 2012 a Sony investiu US$ 380 milhões na aquisição do Gaikai, a empresa deu uma clara demonstração de que acreditava fortemente no streaming de jogos e hoje com o PlayStation Now funcionando satisfatoriamente em boa parte dos Estados Unidos e Canadá, a fabricante dá outro passo para se tornar o principal nome neste mercado que ainda busca seu espaço.

Sem que valores tenham sido revelados desta vez,  eles resolveram investir agora na aquisição do OnLive, absorvendo boa parte da tecnologia e da infraestrutura do serviço que deu o pontapé inicial neste modelo de distribuição, optando por encerrar suas atividades, o que acontecerá no dia 30 de abril.

Com isso, o OnLive já parou de aceitar novas assinaturas e apenas aqueles que adquiriram um controle ou o microconsole após o dia 1º de fevereiro deste ano terão direito a um reembolso. Por fim, o Destkop Service e o SL Go, que consecutivamente nos permitiam rodar um Windows Server remotamente ou o Second Life em tablets e Smartphones, também serão descontinuados.

Embora tal notícia seja muita boa para quem tem acesso ao streaming da Sony, já que pelo menos na teoria o serviço oferecido poderá se tornar melhor, é triste ver algo tão promissor quanto o OnLive morrer. Contudo, depois de uma série de decisões equivocadas e até uma tentativa de recomeço através de uma parceria com o Steam, a decisão nem chega a ser tão chocante.

Além disso, os responsáveis pelo serviço parecem ter pago uma valor muito alto por tentarem inovar, afinal ainda hoje é fácil encontrarmos pessoas que continuam achando que algo como o OnLive ou o PlayStation Now não funciona, que é impossível ter uma boa experiência com jogos sendo transmitidos pela rede.

O que continuo me perguntando é quando nós brasileiros teremos acesso a algo assim, pois sinceramente acho que o streaming de jogos poderia tornar os games muito mais acessíveis, principalmente num país onde eles custam tão caro, mas infelizmente continuamos sem uma previsão para que isso aconteça

Fonte: GameInformer.

relacionados


Comentários