Meio Bit » Áudio e vídeo » DC/CW anunciam série da quase Liga da Justiça

DC/CW anunciam série da quase Liga da Justiça

Olha a Era de Ouro aí gente! A DC anunciou Legends of Tomorrow, série derivada de Flash e Arrow que é quase uma Liga da Justiça. Ambição não falta, e tem até Hawkgirl. Ah, e Supergirl também vem por aí. Bem-vindo ao futuro que ninguém imaginou que chegaria, quando teríamos mais séries de heróis do que tempo pra assistir.

6 anos atrás

DC's Legends of Tomorrow -- Image LGD01_JN_0001 -- Pictured (L-R): Arthur Darvill as Rip Hunter, Ciara Renee as Kendra/Hawkgirl, Victor Garber as Professor Martin Stein, Caity Lotz as White Canary, Brandon Routh as Ray Palmer/Atom, Wentworth Miller as Leonard Snart/Captain Cold, and Dominic Purcell as Mick Rory/Heat Wave -- Credit: Jordan Nuttall/The CW -- © 2015 The CW Network, LLC. All Rights Reserved.

Kevin Smith, diretor de cinema, roteirista de quadrinhos e gordo nerd de plantão falou em um de seus podcasts uma grande verdade: todo mundo que cresceu lendo quadrinhos nos Anos 80 tinha absoluta certeza de que jamais, nunca veríamos aqueles personagens no cinema da forma com que eram retratados nos gibis.

Os filmes de super-heróis eram raros. O primeiro longa do Super-Homem, “Superman and the Mole Men(Super-Homem e o Homem-Mola, segundo o jornaleiro do Estadão) foi lançado em 1951. O próximo filme de super-herói foi Um do Zorro em 1958, e só em 1966 chegaria um longa do Batman de Adam West.

A lista é deprimente, conta-se nos dedos os filmes nos Anos 80/90, isso se considerarmos Supergirl e Superman IV como filmes. Mesmo os filmes muito bons, como o primeiro Superman do Christopher Reeve eram… engessados. As lutas pareciam filmadas debaixo d'água.

Na TV a situação era ainda pior. Este era o Aranha que quem cresceu nos Anos 80 via na TV:

nicolas-hammond-spider-man001

Hoje a gente sai de um Era de Ultron, lembra desta cena, ou da hora em que todos os Vingadores disparam contra Ultron, e temos a sensação de estar lendo um gibi, sem limitações, sem restrições.

download

Sim, eu sei.

Hoje você quer fazer o Flash? Faz. Quem colocar uma inumana causando um terremoto no Nepal? (bola-fora, Skye) Sem problema. Quer usar o Nuclear numa série de TV? Use. Quer criar a Nova York do Demolidor? Tranquilo.

Vivemos uma época em que a tecnologia de efeitos visuais, a maturidade do público e o interesse das produtores atingiu um nível onde podemos ver nossas histórias em quadrinhos na TV, sem a “pobreza” das séries antigas. Nos velhos tempos o Clark de Lois e Clark faria UMA grande cena por episódio, o resto seria batendo papo. Hoje o Flash passa o dia todo correndo, com cenas em plena luz do dia, como este delicioso assalto:

Pressure Point — The Flash - Barry Allen - The “street robbery” scene

Estamos vivendo a Era de Ouro dos quadrinhos na TV. Demolidor solidificou o caminho pr'Os Defensores. No canal CW The Flash é a série com maior audiência, Arrow terminou a temporada já com renovação garantida. No lado da Marvel Agente Carter também voltará.

A DC por sua vez está se livrando de seu maior Calcanhar de Aquiles: continuidade. The Flash e Arrow são praticamente promíscuas compartilhando personagens. O sucesso levou a DC a cogitar uma nova série, e todo mundo imaginava que seria uma série solo do Átomo, interpretado pelo Super-Homem rebaixado Brandon Routh, que em Arrow faz Ray Palmer, transformado em um genérico de Tony Stark.

Pois bem, isso não acontecerá. A série da DC vai muito além do Átomo.

Legends of Tomorrow é a série mais ambiciosa da DC. É quase uma Liga da Justiça, com Átomo, Canário Branco, Hawkgirl, Nuclear, Onda Térmica, Capitão Frio e Rip Hunter, que já era um Time Master antes do Dr Who ser criado.

Eles formarão uma equipe que tentará impedir os planos malignos de ninguém menos que Vandal Savage, um dos melhores e mais implacáveis vilões da DC.

JLD_3

Um imortal com mais de 50 mil anos de idade, na série ele tentará dominar o mundo alterando a História em momentos críticos. Caberá a nossos heróis impedir seus planos malignos, e se você está fazendo aquela careta de superioridade de comentarista de internet, pensando “que bosta parece roteiro de gibi”, eu pergunto: que diabos você está fazendo lendo um artigo sobre uma série de heróis de gibi?

http://www.youtube.com/watch?v=4MubNoWQiScThe CW Television Network — DC's Legends of Tomorrow | First Look Trailer | The CW

A idéia de colocar os heróis viajando no tempo é excelente, ajuda a esvaziar Central City e Starling City e permite muito mais variação nas histórias, além do inevitável episódio na Alemanha Nazista, se bem que The Savage Time, excelente trilogia no desenho Justice League Unlimited tem exatamente essa premissa.

Na mesma semana de Legends of Tomorrow foi lançado o primeiro trailer de Supergirl, produção da CBS com o dedo do pessoal de Arrow e The Flash, com uma pegada bem diferente das outras séries.

http://www.youtube.com/watch?v=Lm46-envrHoCBS — Supergirl - First Look

As meninas adoraram, já o consenso entre os homens (chatos) é que é uma série “de mulherzinha” afinal toda mulherzinha chuta bundas, salva jatos comerciais, voa e derruba paredes.

O ciúme de ter seu personagem “roubado” pelo público feminino é idiota e irracional. Supernatural é uma série com público eminentemente feminino e é quase uma Ode aos Bros. Arrow é lotado de mulher assistindo e nem por isso é “mulherzinha”.

Supergirl será uma série mais leve, contada do ponto de vista de uma Kara Zor-El jovem profissional em Nova York? SIM, e não há nada de errado com isso. A beleza do Universo dos Quadrinhos é que podemos ter histórias contadas em várias perspectivas, seja do Professor X, seja do Franklin Richards.

O pessoal cobrando seriedade não gosta de quadrinhos, se casaram com Cavaleiro das Trevas em 1986 e nunca mais riram de uma piada em um gibi.

Ironicamente o (abominável) filme da Supergirl de 1984, com a totosíssima Helen Slater é… sério.

MOVIECLIPS Classic Trailers — Supergirl (1984) Official Trailer - Helen Slater, Faye Dunaway, Peter O'Toole Superhero Movie HD

Antes de cobrar que Supergirl seja uma série dramática e sombria, lembre-se que estamos falando de uma personagem que introduziu (epa!) a Kryptonita Rosa.

Pink_kryptonite_supergirl_79

Ah sim, também foi anunciado que Heroes vai voltar, e a Netflix divulgou o primeiro trailer de Sense8, série criada pelos Irmãos Wachowski e J. Michael Straczynski. A premissa é que 8 pessoas espalhadas pelo mundo subitamente passam a compartilhar pensamentos e emoções. Veja o trailer:

moviemaniacsDE — Sense8 | official trailer (2015) J. Michael Straczynski Tom Tykwer Netflix

Como a internet nunca decepciona vi gente reclamando que o trailer de Supergirl “mostra demais”, e outros reclamando que há séries demais e não conseguem assistir todas. Meu, na boca, vai catar coquinho. Isso é tão sem sentido quanto ficar preso na Ilha Megan Fox e reclamar da falta de variedade.

Qualquer um que reclame das séries de hoje deveria sofrer o que minha geração sofreu. Ficar em casa num domingo de tarde, sem internet ou TV a Cabo, assistindo episódios repetidos de Mulher Elétrica e Garota Dínamo.

spottymax — Electra Woman and Dyna Girl - Show Opening

Fonte: Geeks Are Sexy.

relacionados


Comentários