Meio Bit » Games » Será que Osama bin Laden gostava de videogames?

Será que Osama bin Laden gostava de videogames?

Governos dos Estados Unidos revela material que foi encontrado no esconderijo de Osama bin Laden e entre eles estão guias de jogos. Será que o terrorista passava seus dias xingando os outros na Live? (Spoiler: não passava!)

6 anos atrás

bin-laden

No dia 2 de maio de 2011 um grupo de soldados altamente treinados da famosa equipe SEAL Team Six dirigiu-se à cidade paquistanesa de Abbottabad. Lá eles deveriam executar a Operação Lança de Netuno, cujo objetivo era fazer aquilo que muitos consideravam impossível: invadir o esconderijo de Osama bin Laden e capturar o homem mais procurado do mundo. Vivo, ou morto.

Apesar da missão não ter saído exatamente como eles desejavam (recomendo o filme A Hora Mais Escura, de Kathryn Bigelow), o objetivo foi alcançado e quatro anos após sua execução, o governo dos Estados Unidos liberou o acesso a diversos materiais encontrados no lugar, o que revelou que alguém de lá aparentemente gostava de videogames.

Listado em uma seção chamada “Documentos provavelmente utilizado por outros moradores do complexo”, temos um guia para o Delta Force: Xtreme 2 (pelo menos não era do Rainbow Six — Rá!), jogo de tiro em primeira pessoa lançado em 2009 pela NovaLogic e embora nada tenha sido dito especificamente sobre a presença do game, imagino que aquele que tenha lido o material não estivesse interessado em fazer isso para treinamento militar. Além deste também foi encontrado algo descrito apenas como “Game Spot Videogame Guide”, reforçando a ideia de que um dos moradores realmente tinha algum interesse em jogos eletrônicos.

Quanto ao Delta Force: Xtreme 2, na época de seu lançamento o jogo foi bastante criticado por ter gráficos muito simples e por sua inteligência artificial pouco desenvolvida, mas chamou a atenção de algumas pessoas por permitir batalhas entre até 150 jogadores. Porém, como nenhuma rede de telefone foi encontrada no esconderijo e sem que ele tivesse acesso a internet, restava ao suposto jogador apenas o péssimo modo singleplayer do título.

Por se tratar de uma franquia de menor expressão, imagino que tal revelação não deva ter maior repercussão na mídia, mas fico pensando a polêmica que já teria sido iniciada caso os soldados tivessem encontrado no cafofo do Osama um Call of Duty, um Battlefield ou até mesmo uma cópia do America's Army.

Ovidijus R — Delta Force Xtreme 2 Gameplay

A título de curiosidade, saiba que na “Estante de livros do bin Laden” existiam diversos textos sobre o atentado de 11 de setembro, sobre os iluminatis, um guia anti-suicídio, diversos livros falando sobre guerras e uma grande quantidade de documentos falando sobre terrorismo.

Fonte: GameSpot.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários