Meio Bit » Demais assuntos » Square anuncia um Dragon Quest com cara de Minecraft

Square anuncia um Dragon Quest com cara de Minecraft

Visando ampliar o público alvo da franquia, Square Enix anuncia o Dragon Quest Builders, jogo que seguirá o estilo do Minecraft.

5 anos atrás

Dragon-Quest-Builders

Primeiro foi o anúncio de que a Tecmo Koei estava trabalhando em uma versão do Dragon Quest no estilo do Dynasty Warriors e agora, para mostrar que está realmente disposta a ampliar o público alvo da franquia, a Square Enix revela o Dragon Quest Builders, jogo que seguirá os passos de outro enorme sucesso, o Minecraft.

Com a aventura se passando em Alefgard, região que apareceu pela primeira vez no jogo de estreia da série, nele deveremos tentar salvar o lugar de um inimigo conhecido como Dragonlord e para isso teremos a possibilidade de modificar como quisermos os cenários, bloquinho por bloquinho.

Descrito pela desenvolvedora como um “block-make RPG”, infelizmente nenhum vídeo com a jogabilidade foi divulgado, com a imagem que abre o post sendo a única prova visual de como o título está ficando, mas por ela é possível ter uma ideia de que pelo menos visualmente o jogo parecesse promissor.

Se tudo correr bem, o Dragon Quest Builders deverá chegar ao Japão durante o nosso verão, com versões para o PlayStation 4, PlayStation 3 e acredite, até para o Vita. No entanto, por enquanto nada foi dito sobre um lançamento no ocidente, mas eu arriscaria dizer que cedo ou tarde ele acontecerá.

Mesmo tendo um pouco de medo em relação a spin-offs, acho que a Square Enix tem sido muito inteligente neste sentido quando se trata do Dragon Quest, pois mesmo que essas duas experiências não resultem em bons jogos, os gêneros escolhidos por ela são muito populares e provavelmente resultarão em ótimas vendas. Além disso, será interessante ver como ficará um Minecraft com enredo.

Em nota relacionada, o criador da série, Yuji Horii, afirmou em uma entrevista que o Dragon Quest XI será um jogo offline, que seu lançamento acontecerá nos consoles e que as batalhas não serão focada na ação, voltando às origens da série. Ou seja, exatamente o contrário de tudo o que vimos no seu antecessor.

Fonte: Engadget.

relacionados


Comentários