Meio Bit » Mercado » Samsung oferece test drive do Galaxy Note 5 ou S6 Edge+ por apenas um dólar

Samsung oferece test drive do Galaxy Note 5 ou S6 Edge+ por apenas um dólar

Samsung inicia programa de testes de 30 dias do Galaxy Note 5, S6 Edge ou S6 Edge+ por apenas um dólar; programa visa capturar donos de iPhones

5 anos atrás

galaxy-note-s6-edge-s6-edge-plus

A Samsung definitivamente não está muito feliz com seus resultados recentes, mesmo sendo a única fabricante de Androids que lucra alguma coisa (o grosso da grana fica com a Apple). O Galaxy S6 não vende tanto quanto a companhia gostaria, reflexo direto de perda da parte do seu mercado para LG e Motorola, que se saíram bem nos últimos tempos com bons smartphones (e no caso da última, com bons preços acompanhando o hardware).

Ela tenta novamente com o Galaxy Note 5 e o S6 Edge+, dois foblets com hardware de ponta que infelizmente para a Samsung, nas próximas semanas serão inevitavelmente atropelados pela nova linha iPhone, não há o que discutir. Para evitar isso e tentar ao menos cooptar uma parcela dos consumidores da maçã ela lança uma campanha um tanto desesperada.

A Samsung lançou nos Estados Unidos a campanha Ultimate Test Drive, voltada exclusivamente a usuários que possuam iPhones (está nos Termos de Serviço): o dono de um smartphone da maçã poderá escolher entre o Galaxy Note 5, o S6 Edge ou o S6 Edge+, todos equipados com um chip SIM pré-ativado na operadora escolhida, AT&T, T-Mobile, Verizon ou Sprint (assim o usuário nem precisa deixar de utilizar seu iPhone) e ficar com ele por 30 dias, por apenas US$ 1,00. Ao fim do período ele poderá devolver o smartphone se não quiser mantê-lo via correio.

Claro que a Samsung tomou algumas providências para evitar o sumiço de smartphones: o aluguel deverá ser realizado mediante uso de cartão de crédito e endereços válidos. Caso o usuário estoure o período (30 dias + 5 de colher de chá) a Samsung debitará o valor full dos smartphones, a saber US$ 820 pelo Galaxy S6 Edge, US$ 775 pelo S6 Edge+ e US$ 700 pelo Note 5.

No momento, talvez devido à alta procura dos smartphones não há nenhum modelo disponível, o que pode ser também um bug no site que persiste desde sexta-feira, data do início da campanha.

A Samsung está um tanto desesperada para tentar conquistar novos consumidores, e não é de hoje que ela mira principalmente nos usuários de iPhones. O problema é convencer um cliente de Cupertino a realizar a migração: está mais do que certo que apenas uma porcentagem muito pequena dos participantes trocará de fato de smartphones, ainda mais na iminência do lançamento dos novos iGadgets. Afinal, um novo iPhone e um Samsung, ambos com preços similares é fácil saber qual vão escolher.

Claro, podia ser bem pior: em 2012 a Samsung Austrália cometeu o erro de vender o Galaxy S2 por dois dólares, prejudicando a percepção do produto junto aos consumidores e virando motivo de piada pois desnecessário dizer, boa parte dos clientes vendia o aparelho a preço full e comprava… iPhones.

Fonte: Samsung.

relacionados


Comentários