Meio Bit » Games » GeForce GTX 950 — novo lançamento da nVidia é de baixo custo lá na civilização, já aqui…

GeForce GTX 950 — novo lançamento da nVidia é de baixo custo lá na civilização, já aqui…

nVidia anuncia o lançamento do novo processador gráfico dedicado de relativo baixo custo, a GeForce GTX 950. Tal GPU equipa placas de vídeo na faixa dos 159 dólares, o que pode dar quase mil reais no momento.

5 anos atrás

Hoje (24/08) a nVidia lançou o processador gráfico GeForce GTX 950, ou seja: as fabricantes já podem comercializar as respectivas placas de vídeo com tal GPU a partir de hoje. Isso na civilização.

No Brasil, com o dólar subindo e a economia retraindo, talvez tenhamos que esperar um pouco pelo lançamento oficial das placas de vídeo com a GeForce GTX 950. Se bem que ela é perfeita para esses tempos tenebrosos, pois é bem mais barata que a GeForce GTX 960, lançada no início do ano. Vamos às especificações:

Laguna_Asus_Strix_GeForce_GTX_950

GeForce GTX 950, modelo Asus Strix (crédito: Tom's Hardware)

nVidia, família GeForce GTX 9xx (segunda geração Maxwell)
Especificações: GeForce GTX 950 GeForce GTX 960 GeForce GTX 970
chip GM206 GM206 GM204
ROPs 32 32 64 56
TMUs 48 64 104
núcleos CUDA 768 1.024 1.664
clock padrão 1,024 GHz 1,126 GHz 1,05 GHz
clock em jogos 1,188 GHz 1,178 GHz 1,176 GHz
memória dedicada (VRAM) 2 GB GDDR5 2 GB GDDR5 4 GB GDDR5 [1]
clock da memória 6,61 GHz (QDR) 7 GHz (QDR) 7 GHz (QDR)
interface da memória 128 bits 128 bits 256 bits [1]
transferência bruta 106 GB/s 112,16 GB/s 224,3 GB/s [1]
thermal design power (TDP) 90 W 120 W 145 W
preço sugerido no lançamento US$ 159 US$ 199 US$ 329

·  
A GTX 950 usa uma versão mais barata do chip de codinome GM206, litografado no processo de 28 nm. Ou seja, é uma versão mais simples da GeForce GTX 960 mesmo. Bom lembrar que o GM206 já era um processador gráfico intermediário da segunda geração da microarquitetura Maxwell.

Na GeForce GTX 950 temos 6 dos 8 streaming multiprocessors, o que corresponde a 32 ROPs, 48 TMUs e, claro, 768 núcleos CUDA. São 2,94 bilhões de transistores num chip de área 227 mm² que promete suporte completo ao DirectX 12. Tudo isso alimentado por um único conector de 6 pinos: menor consumo e maior desempenho tem sido o objetivo da nVidia, inclusive nas versões mobile de suas atuais GPUs.

O que todos esses números dizem?

Bom, digamos que a GeForce GTX 950 é feita apenas para jogar em Full HD 1080p, nada muito além disso. É uma versão mais simples da GTX 960. Em termos de preço, ela é um pouco mais cara que a “concorrente” Radeon R7 370 e esta mesmo com 4 GB não chega a ameaçar muito.

Laguna_Asus_GeForce_GTX_950_Benchmark_GTA5

Benchmark com o Grand Theft Auto V em 1080p (crédito: Guru 3D)

Uma verdadeira concorrente para a GeForce GTX 950 seria uma hipotética R9 370X, mas a R7 370 já é 10 dólares mais barata que a placa da nVidia, então a AMD para ser uma concorrente de verdade no desempenho e custo benefício teria que baixar o preço da VGA que já existe (R7 370) e das possíveis futuras placas de vídeo com uma GPU que hoje seria apenas fruto de rumor (R9 370X).

Preço no Brasil?

Bom, se a Radeon R7 370 custa em torno dos 900 reais e a GeForce GTX 960 está beirando os mil reais, uma GeForce GTX 950 teria que sair entre as duas faixas de valores. Ou o estoque das antigas acaba nas lojas brasileiras e a escalada do dólar aumentaria o valor dos novos estoques das placas antigas, inflacionando o lançamento da GTX 950 também. Complicado botar um preço justo no momento.

Fonte: Extreme Tech.

relacionados


Comentários