Meio Bit » Mercado » Xperia Z5 ainda esquenta, mas está melhor que o Z3+

Xperia Z5 ainda esquenta, mas está melhor que o Z3+

Xperia Z5 esquenta como o Z3+, mas Sony tomou cuidado para que o problema não comprometa a performance do smartphone

5 anos atrás

sony-xperia-z5-series

A linha Xperia Z5 foi apresentada na última semana, mas uma preocupação foi levantada por todos: como a Sony voltou a utilizar o Snapdragon 810, o infame SoC octa-core da Qualcomm que possui problemas sérios de superaquecimento, estariam os novos smartphones fadados aos mesmos problemas da geração anterior?

Bem, sim e não. Vamos ver o que o pessoal andou descobrindo.

xperia-z5-prototype

Sendo justo, esse aí é um protótipo que também estava na IFA 2015. As versões finais não apresentam o problema

Embora a Sony jurasse de pés juntos que o Z3+ não possuía problema nenhum (até porque ela queria que o aparelho vendesse), na prática a história foi bem diferente. As reclamações dos usuários eram inúmeras, o smartphone esquentava tanto durante o uso que fechava apps para evitar que algo acabasse torrado. Isso não é exclusivo da Sony, todos os aparelhos que adotaram o 810 (como o HTC One M9 e o LG G Flex 2) sofrem do mesmo mal. A Qualcomm, na pressa em introduzir um chip poderoso lançou um SoC ARM para ter tempo de aprimorar sua arquitetura Krait, presente no Snapdragon 820. Só que o trabalho não foi bem feito.

Como a Sony mantém um ciclo de atualização de seis meses ou menos, não houve tempo suficiente para utilizar os novos chips da Qualcomm na linha Z5. Assim, foi preciso bater cabeça para continuar utilizando o SoC sem comprometer a qualidade. Quem testou os smartphones, apresentados na IFA 2015 constatou que eles aquecem como esperado, mas a performance melhorou.

Btekt — Sony Xperia Z5 4K heat test - IFA 2015

O vídeo acima mostra que os problemas foram contornados, mas não 100% solucionados. A Sony fez mágica? Não, algo muito mais simples que isso: o pessoal da engenharia utilizou um dissipador duplo, que aumenta a troca térmica e distribui o calor m ais uniformemente pelo aparelho. Assim, o superaquecimento não se concentra apenas no SoC.

Além disso o chip do Z5 foi entupido de pasta térmica e no caso do modelo Premium foi descoberta uma engenhosa marmotagem: o 810 não processa imagens em 4K, apenas em Full HD. Um chip especial inserido no conjunto é encarregado de fazer, vejam vocês, upscaling.

xperia-z5-premium-teardown

Ainda que gere desconforto em muita gente por ainda esquentar, agora os donos de aparelhos da linha Z5 não terão que passar pelo incômodo de ver apps sendo fechados porque o smartphone ficou tão quente quanto uma chapa de hamburgueria.

Fonte: 9to5 Google.

relacionados


Comentários