Meio Bit » Games » Super Mario Maker e a piração existencial da comunidade

Super Mario Maker e a piração existencial da comunidade

Três exemplos de como alguns jogadores de Super Mario Maker estão aproveitando a ferramenta para compartilhar as fases mais perturbadoras que você já viu

6 anos atrás

super-mario-maker

Uma coisa a gente tem que reconhecer: a Nintendo sabe fazer jogos divertidos e os vende como ninguém. Os estúdios não querem desenvolver jogos para o Wii U? Não tem problema, vamos pegar nossas marcas mundialmente reconhecidas e criar jogos novos, não precisamos de ports de outras plataformas.

Isso funciona até certo ponto. É fato que o atual console de mesa da BigN é um fracasso, tanto que o tal NX vem aí. Por outro lado, títulos próprios como Super Mario 3D World, Mario Kart 8 e a nova IP Splatoon vendem como água e ainda impulsionam levemente a saída do console. Nada espetacular, mas as vendas aumentam.

A mais nova bola dentro da Nintendo atende pelo nome de Super Mario Maker. Mais do que um jogo em si, o software é uma ferramenta que transforma o jogador em game designer: você pode desenvolver suas próprias fase e dar a elas o aspecto que desejar, seja dos clássicos do Nintendo 8 bits e Super Nintendo, ou o mais moderno visto no Wii U. A partir daí você pode compartilhar sua criação no lobby do Wii U, para que qualquer um possa baixar e curtir.

Claro que muita gente está pirando com as possiblidades, já surgiram desde criações musicais (com a óbvia RickRollada sendo promovida pela Nintendo, a fase entrou no rol dos Destaques) a fases para lá de difíceis, algumas explorando um bug recentemente descoberto que torna Mario invencível (é quase certo que a BigN o corrija em breve, o que vai mandar esses estágios para o limbo — UPDATE: ela de fato o eliminou em prol de uma “jogabilidade mais prazerosa”. Nintendo sendo a Nintendo).

Só que algumas pessoas estão utilizando Super Mario Maker para criar fases um tanto perturbadoras, por assim dizer. Vejamos algumas delas:

The Cabal — Mario Maker Can Get Pretty Disturbing!

Waluigi’s Unbearable Existence talvez tenha sido a primeira do tipo a surgir. O criador da fase TheMapleBeast convida o jogador a experimentar uma crise existencial na pele da cópia distorcida do encanador verde, forçando Waluigi a aceitar que sua existência é inútil. O final é bem depressivo, por assim dizer.

Sim, o vídeo foi editado para se tornar mais dramático mas o core não, está tudo na fase.

Brina "Shagg" Lauer — Super Mario Maker level: "The Goomba: A Sad Tale of Madness" by Theorymon

O próximo se chama The Goomba: A Sad Tales of Madness. Criado por Theorymon, neste você é obrigado a se pôr na pele do pequeno Goomba, um dos inimigos mais facilmente reconhecíveis da franquia e testemunhar o destino cruel que todos eles encaram nos jogos numa versão distorcida da fase 1-1 de Super Mario Bros.

Geoff The Hero — Super Mario Maker: "Will You Save Your Son?" Geoff The Hero's Custom Level

Por fim temos o mais perturbador de todos, Wii You Sabe Your Son? de GeoffTheHero. O autor compartilhou a fase mas é a narração do vídeo acima que torna tudo ainda mais pesado e dramático, mostrando que alguns jogadores tem mesmo muito tempo livre para pensar nesse tipo de piração. O autor pergunta ao jogador o quão longe você iria para salvar seu filho, mas o vídeo revela que nem tudo é o que parece.

Enfim, com o tempo mais fases serão compartilhadas, de divertidas a difíceis, incluindo as mais malucas e claro, as mais doentes e perturbadoras como as três acima. E caso você possua um Wii U e o game Super Mario Maker, aproveite para compartilhar suas fases nos comentários.

relacionados


Comentários