Meio Bit » Hardware » Surface Pro 4 — ou: bye-bye iPad Pro

Surface Pro 4 — ou: bye-bye iPad Pro

E saiu o Surface Pro 4. É complicado chamar algo tão poderoso e não rodando um SO mobile de tablet. Se for é um tablet biônico, maior, mais poderoso, mais rápido. Quão mais rápido? 30% mais rápido que o Surface 3 e 50% mais fácil que um Macbook Air. Sim, a Microsoft compara com notebooks, não com iPads.

5 anos atrás

42222a51-579c-402c-b388-cbb6b3e89e1e

Antigamente a gente falava que se a Microsoft só fizesse hardware seria a empresa mais amada do planeta. Isso no tempo dos excelentes joysticks e teclados, mas sem nada que pudesse ser chamado de hardware hardware. Era tabu invadir o terreno dos parceiros, mas desde o XBox isso não vale mais. 

Não só a Microsoft mandou os parceiros correrem atrás como estão deixando a concorrência na poeira. O Surface foi lançado como um hardware promissor, seguiu a regra que a Microsoft acerta na 2ª versão e manda bem na 3ª. Agora na quarta partiram pra cima da Apple, simplesmente ignorando a existência do iPad Pro.

A afirmação durante o evento foi direta:

28-surface-pro-4-vs-mba-650-80

50% mais rápido que o MacBook Air. Tradução: não somos um maldito tablet somos um PC, e mais rápido que a concorrência.

Para desespero do floquinho do Tumblr que acha a expressão gordofóbica, o Surface 4 é gente fina elegante e sincera. Continua lindo, tem uma caneta que ilustradores adorarão, Windows 10 rodando redondinho e performance, muita performance.

Ele vem nas seguintes versões:

  • 128 GB de SSD, Intel® Core™ M3 com 4 GB de RAM
  • 128 GB de SSD, Intel® Core™ i5 com 4 GB de RAM
  • 256 GB de SSD, Intel® Core™ i5 com 8 GB de RAM
  • 256 GB de SSD, Intel® Core™ i7 com 8 GB de RAM
  • 256 GB de SSD, Intel® Core™ i7 com 16 GB de RAM
  • 512 GB de SSD, Intel® Core™ i7 com 16 GB de RAM

·  
Há portais dizendo que os notebooks estão com os dias contados, o que é um tanto exagero mas o feedback foi realmente muito positivo. A Type Cover, aquela capa-teclado dele agora vem com teclas iluminadas e trackpad 40% maior, um leitor de digitais par autenticação biométrica e para desespero de Steve Jobs, ele vem com uma caneta.

Screenshot - 06_10_2015 , 12_09_34

A bateria dura um ano, é integrada com o sistema operacional, e não aplicativos específicos, possui uma borracha, assim você não tem que acionar o comando apagar na aplicação, 1.024 níveis de pressão e algo que para ilustradores faz toda a diferença:

Screenshot - 06_10_2015 , 12_11_15

Pontas intercambiáveis, para você desenhar com o tipo de ponta mais apropriado e ter a sensação física correspondente. Ah, sim, ela é magnética, gruda na lateral do Surface.

O Surface Pro 4 tem resolução de 2.736 x 1.824 pixels (267 PPI), tela de 12,3 polegadas; pesa 766 gramas, a bateria aguenta 9 h de vídeo, câmera fronta de 5 MP, traseira de 8 MP gravando vídeo Full HD, 8,45 mm de espessura.

Ah sim, tem o Dock.

surf-4-1

Você já viu o Surface trabalhar com 3 monitores, mas o dock, que custará US$ 200,00 vem com:

2 Mini DisplayPorts
1 Gigabit Ethernet port
4 USB 3.0 ports
1 Audio out port

Detalhe: essas duas DisplayPorts suportam monitores de 4K. Dois monitores de 4K, rodando de um tablet.

O preço? De US$ 899,00 a US$ 2.199,00 para o modelo topo de linha.

The New Microsoft Surface Pro 4

Leia também:

relacionados


Comentários