Meio Bit » Indústria » Não é Star Trek: um colírio que cura catarata

Não é Star Trek: um colírio que cura catarata

Duas crianças mutantes levaram a uma descoberta que pode ser muito importante para todos nós: uma forma de tratar catarata com um simples colírio. As pesquisas já chegaram nos primeiros testes e animais, e os resultados são excelentes!

6 anos atrás

vlcsnap-00067

Catarata é uma doença que afeta mais de 20 milhões de pessoas no mundo, um embaçamento do cristalino que causa 60% dos casos de cegueira na África. O único tratamento eficaz é cirurgia, que é cara e inacessível para a maioria dos pacientes mais pobres.

Substituir o cristalino por uma lente artificial resolve mas tem efeitos colaterais perigosos, como descolamento de retina. Não se conhece muito bem o que causa a catarata, o que dificulta mais ainda o desenvolvimento de tratamentos, mas isso não impede a ciência de avançar.

E que avanço, graças a duas crianças mutantes que foram dissecadas estudadas por uma equipe da Universidade da Califórnia. As crianças tinham um tipo de catarata hereditária, mas os pais não apresentavam a doença, só os filhos. Eles tinham uma mutação que fazia o corpo não produzir lanosterol, um tipo de corticoide.

Os cientistas deduziram que esse corticoide controlava o surgimento da catarata. Testaram em laboratório, e o efeito se confirmou. Partiram para experimentos em coelhos. Durante seis dias aplicaram em gotas o tal corticoide em coelhos com cataratas. Dos 13 testados 11 tiveram severa ou significante redução na catarata, todos indo para pouca ou nenhuma.

catarata1

Os testes com cachorros foram igualmente bem-sucedidos. Os sete testados, todos com catarata natural apresentaram excelentes resultados.

Como os EUA são um país sério a histeria da fosfoetanolamina não se repetirá e não veremos ordens judiciais para a Universidade disponibilizar lanosterol para a população antes de que sejam feitos vários outros testes comprovando ou não os efeitos, estudos de dosagem e efeitos colaterais sejam apresentados e só então uma fase inicial de testes em humanos comece.

É a coisa responsável a se fazer, e de qualquer jeito mesmo com isso tudo estamos a menos de 10 anos de curar catarata com um colírio, isso faz a idéia de Star Trek se se curar falência renal com uma pílula no Século XXIV parecer… conservadora.

Ah sim, a boa notícia pros cachorros é que muito provavelmente o lanosterol sairá como medicamento veterinário bem antes disso.

Fonte: Nature.

relacionados


Comentários