Meio Bit » Demais assuntos » Diretor fala sobre o futuro do Uncharted e o fim de Nathan Drake

Diretor fala sobre o futuro do Uncharted e o fim de Nathan Drake

Diretor e roteirista diz que o fim do Uncharted 4 não deixa espaço para que Nathan Drake volte a estrelar um novo jogo e coloca o futuro da franquia em dúvida.

6 anos atrás

uncharted-4

A indústria de videogames costuma ser criticada por explorar incansavelmente suas franquia, bastando uma nova delas ser lançada e fazer algum sucesso para que cedo ou tarde vejamos uma continuação. Fico imaginando o inferno que isso deve ser para os roteiristas, que muitas vezes gostariam de apenas colocar um ponto final na história que criaram, mas que devido a pressão das editoras acabam sendo impedidos.

Um exemplo disso pôde ser visto numa entrevista concedida por Neil Druckmann, quando o diretor e roteirista do Uncharted 4: A Thief's End especulou sobre o futuro da série e disse que devido aos acontecimentos que veremos no final do jogo, será difícil a Sony voltar a utilizar o personagem.

Estivemos com esse personagem por tanto tempo… Ele está no auge da sua popularidade, então não é uma boa decisão de negócios, mas sinto como se esta fosse a melhor maneira de honrá-lo é deixá-lo ir enquanto está no topo, terminar sua história.

O que será do Uncharted? Eu não sei. No fim das contas a Sony é dona do Uncharted e eles podem fazer o que quiser. Mas com o fim dessa história será realmente difícil fazer uma continuação com o Nathan Drake. Talvez exista uma prequel, talvez um jogo com um personagem diferente — Eu não sei, mas este será o fim de Nathan Drake.

Da maneira como Druckmann fala, tudo leva a crer que o herói não sairá vivo dessa aventura, mas devido a maneira como os jogos da série se desenrolam, eu não duvidarei se os próximos capítulos não foram continuações diretas, mas contarem situações que não foram mostradas nos anteriores ou como ele mesmo disse, se passarem antes dos eventos mostrados até agora.

De qualquer forma, o improvável é que este seja o último Uncharted que veremos, afinal a Sony poderá até aceitar a despedida de Drake, mas duvido que ela assistirá passivamente a morte de uma das suas principais franquias.

Fonte: Eurogamer.

relacionados


Comentários