Meio Bit » Games » Indústria » Finja surpresa (vai ser difícil): Mighty No. 9 é adiado DE NOVO

Finja surpresa (vai ser difícil): Mighty No. 9 é adiado DE NOVO

Piada de mau gosto: por problemas de portabilidade e conectividade lançamento de Mighty No. 9 é outra vez adiado, desta vez sendo jogado para o 2º trimestre

4 anos e meio atrás

mighty-no-9

Keiji Inafune está conseguindo a proeza de jogar sua imagem de desenvolvedor conceituado no mundo dos games no lixo, simplesmente porque não consegue cumprir o que prometeu. A campanha de financiamento coletivo de Mighty No. 9, o sucessor espiritual da franquia Mega Man foi anunciada em 2013, o game prometido para o primeiro trimestre de 2015 e de lá para cá só ouvimos conversa mole. A data de lançamento foi jogada para setembro, depois postergada novamente para janeiro e desde então muita gente já estava esperando outra desculpa esfarrapada.

Pois acredite se quiser, ela veio: o lançamento vai atrasar mais uma vez.

Através de nova postagem na página do projeto no Kickstarter, Inafune lamentou que “não terá tempo suficiente” para corrigir problemas de conectividade (a mesma causa do último anúncio de adiamento) e de portabilidade, e que mais uma vez novamente againtm o lançamento de Mighty No. 9 não poderá ser realizado na (terceira) data prometida. Assim, para a surpresa de ninguém a data de lançamento foi alterada mais uma vez, e agora o estúdio afirma (não acreditem) que o game será lançado no segundo trimestre de 2016, entre abril e junho.

Inafune pelo menos colocou o rabo entre as pernas neste último comunicado, admitindo que o time de desenvolvimento calculou mal o prazo que levaria para entregar o game em perfeitas condições. Olha, indiferente da desculpa o fato é que Mighty No. 9 vai levar de 13 a 15 meses além da data original de lançamento para ser entregue, o que para muita gente que investiu seus tostões no projeto está sendo visto como uma tremenda falta de respeito.

O pior é a imagem prejudicada da Comcept e de Inafune com essa história: o fiasco de Red Ash já foi um termômetro de que a comunidade já estava bem descontente com as promessas vazias do estúdio, que não conseguia sequer finalizar um projeto e já tentava lançar outro, numa clara tentativa de abraçar o mundo com as pernas. A quantidade de dinheiro que Mighty No. 9 arrecadou não foi pouca (quase US$ 4 milhões) e a série de desculpas dadas não convencem mais ninguém. Os backers estão fulos da vida e muito provavelmente as chances de Inafune emplacar um novo projeto através de crowdfunding no futuro são bem baixas.

Agora é esperar mais alguns meses para saber se o game será enfim lançado ou se acabará sendo adiado de novo, já que ele entrou oficialmente para a categoria de vaporware — com o diferencial de ter embolsado uma grana preta da comunidade.

Fonte: Kickstarter.

relacionados


Comentários