Meio Bit » Games » Games para PC » Quantum Break faz piada com cópias piratas

Quantum Break faz piada com cópias piratas

Remedy Entertainment faz brincadeira com quem for jogar uma cópia pirata do Quantum Break, mas glitch pode ser visto mesmo por aqueles que compraram o jogo.

4 anos atrás

quantum-break

Pode ter demorado mais do que muitos gostariam, mas finalmente algumas empresas perceberam que incluir sistemas anti-cópias em seus jogos não surte muito efeito. Porém, para não se darem totalmente por vencidas, uma ou outra decidiu atormentar a vida dos pirateiros com “bugs propositais”, como o escorpião invencível do Serious Sam 3 ou o Batman que não conseguia planar.

Outras no entanto preferem fazer apenas uma brincadeira com aqueles que optam por jogar de graça, como é o caso da Remedy Entertainment e o seu recém-lançado Quantum Break. Embora o jogo ainda não conte com uma versão crackeada — e por utilizar o DRM Denuvo, isso pode demorar bastante a acontecer — foi descoberto que quem tentar rodar o jogo de maneira ilegal terá uma surpresinha.

Assim como aconteceu no jogo anterior da desenvolvedora finlandesa, o Alan Wake, a cópia pirata do Quantum Break exibirá o protagonista utilizando um tapa olho com o desenho de uma caveira e ao visitarmos a página de perguntas e respostas do game, podemos ver que existe uma parte que diz que caso o personagem pareça com um pirata, isso quer dizer que o DRM foi disparado, com a solução sendo “reiniciar o jogo e comermos bastante vitamina C.

O curioso é que relatos afirmam que mesmo utilizando uma cópia original é possível nos depararmos com o glitch, bastando que o jogador saia da Windows Store após ter iniciado uma partida, o que praticamente obriga as pessoas a estarem online enquanto estiverem jogando, caso contrário terão que encarar a aventura usando um belo tapa olho.

Porém, este parece ser o menor dos problemas relacionados ao Quantum Break, já que além de reclamações quanto a própria Windows Store e as limitações de configurações, há quem esteja sofrendo com uma taxa inconstante de atualização de frames mesmo em máquinas bem acima do recomendado, críticas que é importante notar, tem se tornado comuns nos jogos da Microsoft que estão chegando ao PC.

Fonte: Eurogamer.

relacionados


Comentários