Meio Bit » Internet » Google marcou filial da Locadora como site perigoso

Google marcou filial da Locadora como site perigoso

No torrent for you! Presença de um link nocivo leva o KickAss Torrents, a 2ª maior filial da Locadora a ser marcado como um site malicioso

4 anos atrás

kick-ass

O Google vira e mexe é acusado de ser conivente com a pirataria, de fazer dinheiro com conteúdo alheio, de não pagar os donos dos direitos autorais o quanto eles acham que merecem, e por aí vai. Sendo francos eles têm razão. Mountain View não é santa (Breaking News, nenhuma empresa é) e quando ela defende o mantra Do No Evil mas a própria define o que é mal e o que não é, alguma coisa está muito errada.

Só que às vezes o Google se adequa e resolve jogar do lado da indústria do copyright, mesmo que no fundo seja apenas para fazer média. Claro que alguém tem que pagar o pato e a bola da vez é o KickAss Torrents, o segundo tracker mais popular da internet que foi bloqueado pelo serviço de Navegação Segura (Safe Browsing) da companhia, acabando por ele ser taxado como domínio perigoso pelos principais navegadores.

E embora o culpado tenha sido identificado (era realmente um link externo nocivo), muita gente fica com o pé atrás quando isso acontece.

O KickAss Torrents, o site que distribui quase que praticamente tudo o que você imaginar ou por algum motivo não conseguir encontrar no Pirate Bay possui (dizem) uma interface mais bem elaborada do que a primeira filial da Locadora do Paulo Coelho, com categorias. Por exemplo, ao procurar determinado filme ou série ele retorna um página dedicada com informações relevantes e bem apuradas, além dos torrents que mais estão bombando no momento.

Mas claro, isso foi o que me disseram.

Talvez por esse capricho o KAT tem atraído bastante atenção e periga se tornar ainda mais popular que o TPB, e isso é algo que a indústria do copyright entende como o pior cenário possível. Se fechar o domínio, confiscar servidores e prender os responsáveis não resolve, o que fazer?

Simples, você bate na porta do Google. A Navegação Segura da empresa vem nos últimos tempos marcando uma série de sites verdadeiramente perigosos, que são bloqueados de cara pelo Chrome e também pelo Firefox e Safari, já que a Apple e a Mozilla também implantaram o recurso em seus browsers. Logo é normal sites seguros mas que postam conteúdo ilegal também serem marcados para espantar o usuário. Isso já aconteceu e vive acontecendo com domínios pequenos.

Agora o martelo desceu na cabeça do KickAss, ainda que de forma justificada: um bug real levou o site a ser marcado como perigoso e obviamente, os três navegadores passaram a tratá-lo como fonte de phishing:

Baseados nessa informação o Avast e outros antivírus também estão disparando alertas, caso o usuário tente acessar o site.

Os responsáveis pelo KAT vieram a público tranquilizar seus usuários, dizendo que tudo está bem e que o site não oferece riscos; a explicação é que um link externo malicioso, presente num wrapper de confirmação teria disparado os alertas e causado o bloqueio (algo similar aconteceu em outubro passado). O bug já foi corrigido e agora resta o Google remover a classificação nociva do site, o que não é imediato.

O problema nem é do fato disso não ser a primeira vez, mas a possibilidade de um dia o Google realmente passar a bloquear sites grandes que compartilham conteúdo com copyright, taxando-os como ameaças potenciais. Ainda que muitos continuem os utilizando, uma grande parcela de usuários médios que foge das páginas de alerta como o diabo da cruz se sentiria desestimulado a seguir em frente principalmente pela dúvida: é seguro ou não? Foi pegadinha da indústria do copyright ou serei invadido mesmo? E nessa muitos desistiriam.

Resta aguardar os próximos dias para ver como o Google irá proceder. O mais provável é que tudo volte a ser como era antes mas em caso contrário, eu sinceramente não me surpreenderia.

Fonte: TorrentFreak.

relacionados


Comentários