Meio Bit » Microsoft » Executivo da Microsoft reafirma compromisso com o Windows Phone

Executivo da Microsoft reafirma compromisso com o Windows Phone

Uma luz no fim do túnel para usuários de Windows 10 Mobile. Vazou um e-mail de um executivo da Microsoft acalmando parceiros e colegas, reafirmando o compromisso de longo prazo com a plataforma, e dando a entender que vem coisa boa por aí. Tomara.

4 anos atrás

Terry_Myerson_Build2014

Chamar a situação do Windows Phone, digo, do Windows 10 Mobile de precária é ser otimista em um nível patológico. A coisa está preta, e não no sentido do lindo e elegante Black Piano de meu ainda funcional Lumia 920. A Microsoft está perdendo mercado e evangelistas. Abandonando países inteiros (sério, cadê o Lumia 950, Brasil?) e priorizando outros sistemas, com teclados para Android e iOS.

Por lealdade E falta de opção os entusiastas não desistem, mas cada dia está mais difícil ser fiel à plataforma. Agora algo aconteceu que nos deu um pouco de esperança. Vazou um e-mail de Terry Myerson, vice-presidente executivo da Microsoft para o Grupo Windows e Dispositivos. Aparentemente a Microsoft sabe o que está fazendo.

No e-mail, enviado para outros executivos e alguns parceiros Myerson reafirma o compromisso da Microsoft com o Windows 10 Mobile em plataformas ARM, por “muitos anos”.  Também afirma que existe um roadmap tanto de dispositivos da Microsoft quanto de parceiros, e deixa clara que a plataforma não será abandonada.

lumia950_950xl

Ao mesmo tempo reforça a estratégia de focar o Windows Phone no mercado corporativo, onde ele tem uma boa penetração (epa!) e a falta de apps de mídias sociais e outros brinquedos não faz diferença.

2016 mesmo assim não será um bom ano para nós, fãs. A Microsoft planeja um grande lançamento no outono de 2017, mas até lá não veremos nada novo de Redmond, ou mesmo nada velho, no caso do Brasil, provavelmente.

Mesmo assim é muito, muito positivo, se a Microsoft seguir a estratégia delineada por nosso indiano favorito, de investir no mercado corporativo, esquecer por enquanto o meião e manter aparelhos high-end para os fãs, muita gente vai ficar feliz.

Sendo honesto, por mais que eu esteja unhado com a forma com que a MSFT vem tratando o Windows Phone a curto prazo, o Lumia 950 é um monstro. Resolução de 1440×2560 (564 ppi), quad-core 1,84 GHz; 3 GB de RAM, 32 GB de Flash, cartão para até 200 GB, câmera de 20 Mp (câmera de Windows Phone, que é maravilhosa), Continuum, sensor de íris… Isso tudo rodando um sistema operacional que funciona redondo em aparelhos com 1/4 dessa capacidade.

O hardware está aí, o software idem, talvez a Microsoft esteja certa em não escutar uma mídia “especializada” que agora diz que a Apple está basicamente falida porque vende menos iPhones do que no semestre passado, mesmo tendo faturado o suficiente para comprar… sei lá, a Apple.

A Microsoft fracassou em dominar o mercado de aparelhos de entrada e intermediários? Tudo bem, a Ferrari tem o mesmo problema. Não é um concurso de popularidade, que foquem no corporativo e no High-End. Eu sei, estou soando como um otimista incurável mas a alternativa é migrar pro Android.

lumia

Fonte: Windows Central.

Leia também:

relacionados


Comentários