Meio Bit » Microsoft » Outro prego no caixão: PayPal abandona o Windows Phone

Outro prego no caixão: PayPal abandona o Windows Phone

PayPal anuncia que manterá suporte a apps apenas nas plataformas móveis iOS e Android; ficam de fora BlackBerry, Fire OS e, sem surpresa, Windows Phone.

4 anos atrás

rms-titanic-sinking

Está cada vez mais difícil defender a plataforma Windows em dispositivos móveis. Embora tenha entrado tarde na festa a jogada ao absorver a Nokia foi inteligente, eles teriam um sistema redondinho com um hardware de responsa, uma combinação matadora.

Só que o mercado já estava bem definido, dividido entre iOS e  Android. Os robozinhos vendem muito mais e possuem gorda participação, mas quase todo o lucro do setor está na mão da Apple. Aos demais sobram as migalhas, ou nem isso.

A culpa nem é exclusiva do usuário que não deu a mínima para o terceiro player, a Microsoft mesmo tem muita culpa no cartório. Quando o Windows Phone 8 foi lançado ela decidiu que os donos de WP7 não receberiam a atualização, que ficassem contentes com o remendo 7.8 e caso não gostassem, que comprassem um aparelho novo. A reação foi a pior possível, e mesmo dando a entender que repetiria a dose com o sistema seguinte ela depois voltou atrás, disse que muitos aparelhos migrariam para o Windows 10 Mobile, ninguém ficaria na mão.

Ledo engano, dando uma de “vocês entenderam tudo errado, garotos” a Microsoft novamente obrou e se locomoveu para os donos dos aparelhos “antigos”, só lançou dois dispositivos novos com o W10 Mobile e sequer os está promovendo (Brasil até agora nada). Quanto aos demais… é dono de um poderoso Lumia 930 920, um supra-sumo lindo e muito versátil? Se deu mal, não terá atualização e se quiser, se vire para conseguir um 950, já que não há o menor indício de que ele será lançado por aqui.

Desenvolvedores também perderam a fé totalmente na plataforma, visto que Redmond a toca de qualquer jeito, deixou a Windows Store ser invadida por toneladas de apps falsos ocultar a ausência de muitos oficiais (a inexistência de um aplicativo do YouTube é uma das mais óbvias) e para completar, os poucos que abraçaram o Windows Phone/Mobile estão pulando fora do barco.

Primeiro foi a GoPro, que não irá lançar apps para o Windows 10 Mobile e os de WP8 só contarão com suporte daqui para a frente, sem mais atualizações. Na sequência foi o Opera, o navegador teve o desenvolvimento interrompido por completo e não farão um app universal. Os usuários que se virem com o Edge, que não é ruim apesar dos pesares, mas é bem pelado.

Agora, a mais recente empresa a bater mais um prego foi o PayPal. Em comunicado a empresa de crédito anunciou que manterá suporte e desenvolvimento apenas nas plataformas que lhe dão retorno, ou seja iOS e Android. Donos de BlackBerry (hahahaha) e aparelhos com o Fire OS da Amazon (hahahaha²) verão seus aplicativos deixarem de funcionar já no dia 30 de junho.

E assim será também com donos de dispositivos móveis Windows como um todo. Quer continuar a fazer pagamentos on the go? Use a versão web do PayPal.

Nem dá para culpar a PayPal nessa, a maior parte do dinheiro movimentado em dispositivos móveis circula por iPhones, iPads e Androids e por conta disso, só estão mantendo o foco onde terão mais lucro. Ainda assim é triste ver aparelhos tão bons quanto os Windows Phones sendo sistematicamente abandonados. E se a debandada continuar mesmo a estratégia de focar no mercado corporativo poderá não ser bem sucedida. De que adianta um Surface Phone sem apps?

Fonte: PayPal.

relacionados


Comentários