Meio Bit » [none] » Os boatos da morte do PC foram um tanto ao quanto exagerados

Os boatos da morte do PC foram um tanto ao quanto exagerados

Sim, é incrível mas é verdade: um post de blog falando da Morte do PC e dizendo que ela não vai acontecer. MeioBit como sempre pioneiro, fazendo algo que ninguém fez antes.

4 anos atrás

bluescreenofdeathsw0

Uma vez li um texto durante o lançamento de uma versão do Windows dizendo que a próxima seria a última versão, que não haveria mais novo sistema operacional. O lançamento era do então Chicago, Windows 95 pros íntimos. Também li que depois do XBox e do PS2 só haveria mais uma geração de consoles, que seria a final.

Eu nunca entendi essa postura. O sujeito acha que o desenvolvimento tecnológico vai parar, que não há melhorias, que chegamos ao limite de performance, gráficos, controles, consumo de energia. E com o Windows? Como alguém pode achar que um sistema operacional tem “fim”? Imagine se quando o Linux era uma brincadeira de tempo livre do Torvalds ele definisse um endpoint pro desenvolvimento?

A bola da vez desses arautos do apocalipse são os PCs. O sonho do “mundo sem fio” fez um monte de gente apostar na morte do PC, e realmente as vendas caíram pois *UAU* nem todo mundo precisa de um PC.

Daí a dizer que o computador pessoal enquanto plataforma iria morrer? Essa gente consegue mesmo editar vídeo no celular, acha que a Industrial Light & Magic vai fazer o próximo Vingadores num iPad?

O PC não vai morrer, e os dados confirmam isso. Segundo uma pesquisa do IDC as vendas de PCs aumentaram em 4,9%. O Gartner Group lista o aumento em 1,4%. A diferença é que o IDC engloba PCs de verdade e Chromebooks.

E como o Chromebook foi bem-sucedido onde o netbook fracassou? Fácil, ele não é nunca foi nem tenta ser um PC completo parrudo rodando Windows ou macOS. Ele é um laptop simples, leve, ágil rodando o que 90% das pessoas usam: aplicativos web. É um PC? Há controvérsias, mas o que importa é a FORMA.

Um dispositivo móvel simplesmente não é confortável para trabalho parrudo. Não é mais nem questão de performance, é questão de ergonomia.

O PC enquanto isso, vai bem. Há menos porém melhores deles. Você nunca terá um celular high-end tão poderoso quanto um PC high-end, é questão de física, não cabe. Acha mesmo que consegue entubar isto aqui dentro de um celular?

GA-7PESH1 Oblique

Um dia com certeza, mas talvez só no longínquo ano de 2018, talvez final de 17, mas aí os PCs terão placas mais parrudas ainda com mais capacidade.

O que vai acontecer não é a morte do PC, mas a ascensão disto:

continuum-for-windows-10-is-phone-convergence-but-not-as-advanced-as-ubuntu-s-493904-2

A Microsoft acertou MUITO ao unificar seu sistema operacional entre dispositivos e lançar um dock que permite ligar o celular a mouse, teclado e monitor. O desempenho é perfeitamente satisfatório para quem não roda AutoCADs ou faz edição de vídeo, e te dá o conforto do desktop. De resto os Lumias (e Androids e iPhones) têm CPUs mais poderosas que o meu PC.

O mundo mobile não vai matar o PC, eles SERÃO os PCs.

Fonte: The Verge.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários