Meio Bit » Cultura » Back in Black — 36 anos depois

Back in Black — 36 anos depois

E hoje comemoramos os 36 anos de lançamento do álbum Back in Black do AC/DC. Simplesmente o disco de rock mais vendido da história.

4 anos atrás

ac-dc

Hoje, dia 25 de julho de 2016, comemoramos os 36 anos de lançamento de Back in Black, do AC/DC. A data é importante, pois estamos falando do disco de rock mais vendido da história, e o segundo disco mais vendido do mundo, perdendo apenas para Thriller de Michael Jackson. O disco impressiona por sua qualidade e também por todo o pesar envolvendo seu nascimento.

Back in Black foi o primeiro disco gravado pelo vocalista Brian Johnson, pois Bon Scott (vocalista anterior) morreu em fevereiro de 1980 depois de uma noite de bebedeira e de ter sufocado com o próprio vômito ao adormecer em seu carro em frente a sua casa em Londres (história oficial contida no atestado de óbito).

Brian Johnson chegou com a missão de substituir uma lenda e, mesmo com poucos meses da morte de Bon Scott, a banda decidiu ir para o Compass Point Studios nas Bahamas e terminar o novo disco. A missão? Substituir o fantástico Highway to Hell, lançado em 1979.

Back_in_Black

O resultado foi um disco cru, direto, sem frescuras e que pode ser classificado como atemporal. Muitas produções da década de 80 acabaram datadas, mas Back in Black pode ser ouvido hoje, 36 anos depois, por qualquer pessoa e ainda ser um disco forte, impactante e dançante. A prova disso é que as músicas ainda aparecem em filmes (como Homem de Ferro) e ainda são utilizadas por igrejas para mostrar como o demônio influencia o rock (caso da música Hells Bells que aparece e alguns panfletos evangélicos).

Estima-se que o disco tenha vendido, até o momento, 51 milhões de cópias. Nada mal para uma banda que sempre foi acusada de fazer o mesmo tipo de música em todos os discos. Na época a banda contava com Brian Johnson (vocais), Angus Young (guitarra), Malcolm Young (guitarra), Cliff Williams (baixo) e Phil Rudd (bateria).

Destaques? Impossível. Ouça o disco inteiro e tenha 42 minutos de pura diversão.


acdcVEVO — AC/DC - Shoot To Thrill (Iron Man 2 Version)

relacionados


Comentários