Meio Bit » Ciência » Uma chuva de meteoros, mas como você nunca viu

Uma chuva de meteoros, mas como você nunca viu

Ver meteoros não é exatamente difícil, mas a NASA conseguiu tornar isso épico. Uma câmera na ISS filmou meteoros atingindo a atmosfera terrestre… de cima para baixo.

5 anos atrás

meteoro

Chuvas de meteoros são fenômenos lindos, mas infelizmente só podem ser apreciados se você morar longe dos grandes centros. A poluição luminosa é simplesmente grande demais. Já no mato você tem o céu limpo, negro (numa noite sem Lua) e consegue ver coisas como a Via Láctea, Luz Zodiacal (não pergunte pra seu astrólogo: ele não faz idéia do que é isso) e satélites, muitos satélites. Além de meteoros. Em condições normais você enxerga uma estrela cadente a cada 10 minutos, menos se for um local bem escuro.

Durante uma chuva de meteoros, quando a Terra passa por regiões da órbita ocupadas por fragmentos de cometas ou asteróides a frequência aumenta muito, podendo-se enxergar mais de 100 por hora mas, apesar de no final do ano a Terra ganhar 15 mil toneladas de massa por causa desse bombardeio cósmico, a imensa maioria das estrelas cadentes é do tamanho de um grão de areia.

tumblr_mihnx9FBbc1rw872io1_500

Eles brilham tanto por causa da velocidade, mais de 20 km/s. Colidem com as altas camadas da atmosfera, entre 90 km e 100 km de altitude, e são obliterados em lindos rastros luminosos.

Agora uma pesquisa da NASA resolveu filmar meteoros de um ângulo novo: olhando para baixo. Uma câmera na Estação Espacial Internacional, a 400 km de altitude flagrou meteoros a 100 km. Note que é meio desconfortável ser lembrado que fragmentos de matéria de tamanho desconhecido viajando a velocidades absurdas estão passando à sua volta, e a única coisa que protege a ISS é a estatística. Mesmo assim, ficou show:


NASA Video Shows Meteor Shower… from Above!

Fonte: Bad Astronomy.

relacionados


Comentários