Meio Bit » Internet » Google+ vai perder Hangouts on Air, que migrará para o YouTube

Google+ vai perder Hangouts on Air, que migrará para o YouTube

Outro prego no caixão do Google+: rede social perde a plataforma Hangouts On Air, que será migrada para a ferramenta de transmissão ao vivo do YouTube.

4 anos atrás

sala-da-justica

Sejamos sinceros: o Google+ MÓR-REU, só não sabe disso ainda. Enquanto não fecham o caixão ele continua perdendo funcionalidades, uma atrás da outra. E como se não bastasse a recente perda da integração (forçada) com a Play Store, plataforma de streaming ao vivo Hangouts On Air será totalmente migrada para o YouTube, a fim de promover sua ferramenta de transmissão ao vivo.

O Google tentou, tentou muito fazer com que o G+ pegasse. O lançamento dele em 2011 foi muito alardeado, era então uma rede com uma melhor organização do que o Facebook e mais orgânico que o Orkut, que não fez sucesso algum (ter sido dominado por brasileiros e indianos não é mérito e sim reconhecimento de fracasso, aceitem). Só que os usuários já estavam estabelecidos, não se interessaram o suficiente para experimentar a quarta tentativa de Mountain View em criar uma rede. A solução foi apelar para a integração forçada, que desagradou todo mundo.

Obrigar o usuário a criar um perfil para utilizar seus serviços teve o efeito esperado, os números inflaram mas foi um crescimento artificial: o Google+ é uma distopia, cheio de gente que não interage com nada. Quando Vic Gundotra, o cabeça do G+ saiu da companhia o destino da rede social foi selado: de lá para cá ela foi sendo posta para escanteio, perdeu funcionários, a integração com o YouTube e semana passada, com a lojinha do Android. E agora a gigante das buscas bate mais um prego no caixão.


Sala da Justiça do MeioBit #47

O Hangouts On Air era uma boa ideia. Uma plataforma “simplificada” para transmissão ao vivo, conectando usuários e jogando o link diretamente no YouTube era uma excelente pedida, mas para variar o Google preferiu dificultar as coisas. Primeiro, a exigência de um perfil no Google+ e a criação das transmissões de dentro dele já espantavam muita gente. Segundo, a estrutura dele era remendada com cuspe e barbante, mal e porcamente funcionava. Quem acompanhou as transmissões da Sala da Justiça em 2014 sabe muito bem o quanto a ferramenta era problemática.

Não mais. A partir do dia 12 de setembro aqueles que desejam iniciar transmissões do Hangouts deverão utilizar o YouTube para isso, o Google+ será totalmente removido da equação. Dessa data em diante o usuário deverá acessar o Estúdio de Criação e através dele, utilizar os Eventos de Transmissão Ao Vivo. As funcionalidades de criação e transmissão tanto imediata quanto agendada eventos já estão presentes e funcionais. No entanto, ferramentas como o Showcase, o Applause e o Perguntas e Respostas serão descontinuados.

Com isso o Google+ segue perdendo cada vez mais relevância até sua morte, o que a essa altura já é tida como inevitável. É bom Mountain View já ter o jazigo preparado no cemitério.

Fonte: Google.

relacionados


Comentários