Meio Bit » Fotografia » Aprenda a usar o Colorchecker de maneira rápida

Aprenda a usar o Colorchecker de maneira rápida

Você sabe o que é um colorchecker? Veja como esse pequeno acessório pode ajudar a calibrar as cores de sua câmera.

5 anos atrás

colorchecker

Quando você passa para o nível de fotografia avançada algumas coisas começam a incomodar incrivelmente. Uma delas é a questão do gerenciamento de cores. Você começa a querer que as cores da imagem digital estejam bem equilibradas em sua imagem, o que pode ser uma grande dor de cabeça. Uma coisa que você precisa encarar é que: se a sua produção é compartilhada quase que exclusivamente pela internet, então a questão das cores vai ser um terror. Cada pessoa que acessar suas fotos vai ver de uma maneira diferente, visto que cada monitor tem uma calibragem, temperatura de cor e contrastes diferentes. Difícil é explicar para um cliente o motivo das fotos estarem todas azuladas quando ele visualiza no monitor de 15 polegadas com 10 anos de idade.

Mas, podemos fazer nossa parte e garantir que o produto saia com a cor o mais perto da realidade possível. O processo de gerenciamento de cor passa por 3 fases. A calibração do monitor, a calibração da impressora e a calibração da câmera. O monitor é calibrado com um colorímetro que vai criar um perfil de cor para o seu monitor. Mesmo processo com a impressora (se você manda suas fotos para um laboratório então é necessário pedir o perfil de cor do minilab para você fazer um teste de prova no Photoshop). E por fim, calibramos a câmera com um colorchecker.

colorchecker_passport1

O colorchecker passport feito pela X-rite parece um pequeno estojo de maquiagem quando visto de longe. Mas, é uma ferramenta com representações de cores impressas de maneira precisa. E como ele funciona? Aqui vem uma pequena polêmica. Alguns dizem que você deve montar uma cena bem iluminada, fotometrada precisamente e fotografar o colorchecker com essa luz. No computador, o programa que acompanha o acessório vai fazer uma leitura dessas cores e determinar qual o desvio de cores do seu sensor e criar um perfil de cor específico para sua câmera. Agora, outros já defendem que você deve criar um perfil de cor para cada vez que for fotografar, ou seja, cada sessão fotográfica começa com uma foto do colorchecker e um perfil de cor específico para aquela sessão, visto que cada sessão possui uma iluminação e temperatura de cor específicas.

E se eu não calibrar a minha câmera com o colorchecker? O programa que você usa para editar suas fotos precisa de um perfil de cor para a sua câmera. Se não existe um específico para ela então ele escolhe um genérico em sua base de dados e aplica à suas fotos. E vale a pena calibrar a câmera? Sim meu amigo, a mudança é gritante. Vejam aqui nesse pequeno vídeo como eu uso o colorchecker no início de cada sessão.

Pode parecer uma coisa boba, mas por décadas a indústria fotográfica baseou a revelação de fotos e fabricação de filmes em um target de calibração que não levava em conta o tom de pele de pessoas negras. O resultado era que pessoas negras nunca eram bem representadas nas fotos, ficando muito escuras. Embora isso tenha começado a mudar nos anos 90, só com a tecnologia digital é que a tonalidade de pele das pessoas negras começou a ser bem representada, pois cartões de calibração começaram a levar isso em conta. Esse colorchecker passport possui uma tonalidade de pele caucasiana e uma mulata.

tons-de-pele

Formiga - seleção feminina de futebol - 1996 (filme) e 2016 (digital)

Esse texto todo foi só para falar que o fotógrafo Jeff Rojas criou um pequeno vídeo tutorial de como utilizar o colorchecker em sua sessão fotográfica. Coisa simples. É só fotografar a modelo segurando o acessório (de preferência perto do rosto) e depois utilizar o software (que pode trabalha integrado ao Lightroom ou Photoshop) para criar um perfil de cor para aquela situação. Você também pode criar um perfil único para a câmera e configurar o Lightroom para já aplicar essa correção na hora da importação. Tudo rápido e prático.


Jeff Rojas — How to Use a Color Checker

Infelizmente o Colorchecker Passport não é uma coisa barata no Brasil. Em terras civilizadas ele é vendido por US$ 85,00. No Brasil ele é vendido oficialmente pela Coralis por R$ 999,00. No Mercado Livre encontramos, no dia de hoje, por R$ 650,00.

relacionados


Comentários