Meio Bit » Internet » WikiLeaks: astronauta da Apollo diz para Hillary que aliens nos darão geradores de energia infinita

WikiLeaks: astronauta da Apollo diz para Hillary que aliens nos darão geradores de energia infinita

Nosso amigo Malfoy, digo, Assange continua liberando e-mails comprometedores, visando destruir a candidatura de Hillary Clinton, mas agora ele exagerou, e perdeu a credibilidade. Um astronauta negociar reuniões com o diretor de campanha de Hillary, falando sobre alienígenas e geradores de energia de ponto zero é meio… bizarro.

4 anos atrás

asuranzpms

Se você acha que a situação está ruim pro povo americano, imagine pra nosso amigo Lucius Malfoy. Tratado como herói pela internet, o rosto público do WikiLeaks descobrir da pior maneira que os Democratas que tanto o elogiavam quando chegaram ao poder mudaram de idéia. 

Perseguido pelo governo Obama, Assange está sitiado (você não, Dilma!) na embaixada do Equador em Londres desde 2012, e como bom vilão de James Bond tomou como missão pessoal se vingar de quem o traiu. Escolhidos a dedo os vazamentos do WikiLeaks só comprometem países do ocidente alinhados com os EUA, e mais recentemente especificamente Hillary Clinton.

Os e-mails vazados pelo WikiLeaks foram extremamente danosos, demonstrando que a Direção do Partido Democrata conspirou internamente para minar e inviabilizar a candidatura de Bernie Sanders. A situação ficou tão feia que Debbie Wasserman Schultz, Chairwoman do Partido foi forçada a renunciar. Também foram comprovados casos de favoritismo, troca de doações por contatos pessoais com o presidente, e muitas outras falcatruas.

jasonasluciusootpedit-jpgcrop

Vazou também o fato de que Hillary havia perguntado a seus assessores militares se era possível eliminar Assange com um drone.

No fogo de queimar a candidatura da Mulher do Charuteiro, Assange quer ver o mundo pegar fogo, mas agora ele pisou na bola. Começaram a divulgar e-mails basicamente doidos, como os de Edgar D. Mitchell, 6º homem a pisar na Lua, astronauta da Apollo 14.

O astronauta recentemente falecido era fanático defensor da existência de extraterrestres, e trocava e-mails com um monte de gente, inclusive com o chairman da campanha de Hillary, John Podesta.

Esses e-mails vazaram e em alguns o ex-astronauta agenda conversas via Skype e encontros, onde pretende apresentar um Tratado Espacial para prevenir uma guerra entre nações.

Mais ainda: ele estava negociando o dia da Revelação, quando o governo dos EUA não negaria mais que tem conhecimento da existência de Inteligências Extra-Terrestres.

Nas palavras de Edgar Mitchel:

Lembre-se, nossas inteligências extra-terrestres do universo adjacente estão ajudando a trazer energia de ponto-zero para a Terra. Eles não vão tolerar qualquer forma de violência militar na Terra ou no espaço

Pelo visto nosso querido astronauta não anda assistindo muito noticiário, pois se Paz na Terra for requisito para ganharmos os ZPMs, vamos queimar suquinho de dinossauro por muito tempo ainda.

Por um lado é divertido ver o desespero de Assange, que todo dia entra pra ver se criaram um Kickstarter para futura reconstrução da Embaixada do Equador, mas é triste perceber que políticos não podem se dar ao luxo de dispensar apoio, por mais esquisito que seja.

Normalmente eu diria que se esse é o máximo de sujeito que Assange consegue cavar a coisa está boa pra Hillary, mas depois do debate de ontem, acho que os aliens, se assistiram cancelarão a Revelação e seguirão o conselho da Ripley:

cafowq3

relacionados


Comentários