Meio Bit » Fotografia » Magic Lantern — captura em DNG em 14 bits

Magic Lantern — captura em DNG em 14 bits

A nova versão do Magic Lantern vai permitir que a câmera já salve as imagens em arquivos DNG. Uma possibilidade bem interessante.

3 anos e meio atrás

magic_lantern_canon

Magic Lantern parece nome de disco do Blackmore's Night, mas na verdade é um programa produzido por terceiros que agrega às câmeras reflex da Canon várias funcionalidades que não existem de forma nativa. Uma delas é captar vídeos sem compactação.

Agora eles anunciaram uma nova funcionalidade que ainda não foi liberada para o grande público, mas está em fases avançadas de teste. Ao analisarem a forma que a Canon decodifica seu arquivo CR2 (RAW) eles descobriram uma forma de a câmera gerar direto um DNG de 14 bits sem perda. Vantagens para essa bagaça? Algumas. O DNG já é o arquivo que os programas da Adobe foram feitos para trabalhar (inegável que a maioria dos fotógrafos trabalha com os programas da Adobe) e converter arquivos é um trabalho a menos para o fotógrafo. Outro ponto é que os arquivos DNG são menores do que os RAWs proprietários dos fabricantes, o que leva a economia de espaço nos cartões de memória e no armazenamento final.

Como bônus, a nova versão do Magic Lantern também vai possibilitar que os vídeos sejam gravados em DNR RAW com 24 fps. Uma mão na roda para quem precisa de qualidade.

Embora muita gente esteja utilizando o Magic Lantern sem problemas, cabe lembrar que é um programa que interfere radicalmente no software da câmera, o que acaba com a garantia do equipamento e, em caso de problema, a Canon não oferece nem manutenção para o equipamento.

Fonte: Petapixel

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários