Meio Bit » Cultura » YouTuber idiota descobre que “a pena é mais poderosa que a espada” não vale para livros e Desert Eagles

YouTuber idiota descobre que “a pena é mais poderosa que a espada” não vale para livros e Desert Eagles

Há muita gente burra no mundo, mas tem quem exagere. Foi o caso de um casal em Minnesota, que resolveu apimentar seu canal no YouTube com um incrível vídeo onde o sujeito seguraria um livro no peito e pararia uma bala. Como não há notícias de kryptonianos entre nós, você já deve ter deduzido o resultado…

4 anos atrás

dea

Esse é o pior lado de uma Desert Eagle.

A Desert Eagle é a arma mais amada por Hollywood. Está presente em quase todos os filmes, se você procurar acha até em La La Land. Gamers também a adoram, e é a preferida de fãs teóricos de armas, tudo comparam com a Desert Eagle. O único grupo que realmente não dá bola pra ela são os atiradores profissionais.

Projetada nos anos 80 por americanos ela foi refinada por Israelenses, que fabricaram a mais americana das pistolas até 1995. Por três anos ela foi fabricada nos EUA, voltou pra Israel e só virou americana de novo em 2009.

Nas palavras do excelente Hickok, é um lança-granadas, não uma pistola. Tendo a concordar, basta comparar o cartucho .50 Action Express da Desert Eagle com o .22 do Santo Cristo.

3866235590

A energia dessa munição é monstruosa: o poder de penetração ultrapassa o Mr Catra, mas parece que essas informações públicas não chegaram aos ouvidos de um idiota chamado Pedro Ruiz III, que só vai chegar a Pedro Ruiz IV, porque engravidou a namorada antes de morrer de forma estúpida (Idiocracia era um documentário, sempre falo).

Esse imbecil de 22 anos sonhava, junto com a namorada de 19, alcançar a fama no YouTube, mas como Nutella é caro, ele se abaixou, pegou uma arma na calçada (vantagens de morar nos EUA) e pensou em formas de ganhar dinheiro com ela.

Talvez por ver televisão demais (ou de menos) o retardado teve a idéia de superar Houdini e todos os mágicos que fizeram o truque da bala. Ele convenceu a namorada a participar, acalmou a mãe dizendo que sabia o que estava fazendo, e se preparou para parar um projétil .50 de uma Desert Eagle usando… um livro.

bbc1

Os dois retardonautas.

Eu compreendo que ele era muito pouco familiarizado com esse tipo de tecnologia: como provavelmente nunca abriu um na vida, Pedro Ruiz, burro como uma parede não sabia que livros eram feitos de papel e papel não é exatamente o melhor escudo balístico.

Armou as câmeras, pediu para Monalisa Perez fazer o disparo e segurou um livro grosso (para ele, deve ser O Pequeno Príncipe) na altura do peito e mandou a retardada atirar. De 30cm de distância.

retardada

Incrivelmente Monalisa conseguiu se lembrar qual era o número do 911, pediu socorro mas não havia muito mais o que fazer… Pedro sofreu um downgrade e de aspirante a famoso do YouTube virou conteúdo do LiveLeak.

O imbecil deixou um filho (claro) e Monalisa está presa, grávida de sete meses de outro (outro filho, não outro idiota) e ainda não decidiram se ela vai ser acusada de disparo irresponsável de arma de fogo, o que é tranquilo, ou homicídio doloso, o que significa multa de US$ 20 mil e 10 anos de xilindró.

Por enquanto ela foi solta sob fiança e seu próximo vídeo provavelmente será review de tornozeleira eletrônica.

Fonte: CNN.

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários