Meio Bit » Filmes e séries » Diretor fala sobre dificuldades em fazer filme do Warcraft

Diretor fala sobre dificuldades em fazer filme do Warcraft

Duncan Jones fala sobre como as incertezas que rondavam a Legendary Pictures pode ter influenciado na qualidade final do Warcraft: O Primeiro Encontro de Dois Mundos.

4 anos atrás

warcraft

Talvez isso possa ser explicado pelo fato de eu não ser um grande conhecedor do universo da franquia, mas a verdade é que não achei o Warcraft: O Primeiro Encontro de Dois Mundos uma grande porcaria. Durante as duas horas do filme consegui me divertir e admirar o belo mundo criado por Duncan Jones e sua equipe, mesmo que o seu enredo não tenha me marcado.

Mas como muitos não gostaram da adaptação, quem tentou justificar a qualidade do filme e falar sobre as dificuldades que enfrentou foi o próprio diretor. Em entrevista ao canal SyFy para divulgar seu próximo filme, Mudo, o filho do David Bowie disse:

O Warcraft se mostrou um campo minado político conforme as filmagens avançavam e acho que reescrever o roteiro diversas vezes ao longo da criação do filme foi muito, muito difícil e as vezes desanimador. Ser forçado a realizar mudanças e comprometer-se devido à política e a natureza daquele filme. Então, foi de partir o coração, mas aprendi muito, me tornei mais maduro e capaz de lidar com todos os tipos de situações porque agora já passei por elas. Mas na época, aquilo pareceu muito traumático.

Quanto a parte política a que Jones mencionou, ele se refere a parceria que a Legendary Pictures tinha com a Warner Bros. na época e que estava passando para as mãos da Universal. Acontece que nesse meio tempo a produtora acabou sendo vendida para o Wanda, um conglomerado chinês com forte influência em Hollywood.

Além de ter que lidar com troca de importantes figuras envolvidas na produção, Duncan Jones ainda mantinha conversas constantes com a Blizzard, detentora da marca e que evidentemente queria a melhor adaptação possível. Segundo o diretor, mesmo sabendo que o filme era pouco perto de todo o faturamento que um World of Warcraft dá anualmente à sua criadora, existia a preocupação de que ele manchasse o nome da franquia.

Com um custo de produção de US$ 160 milhões e tendo faturado mais de US$ 433 milhões em todo o mundo, o desempenho caseiro do Warcraft: O Primeiro Encontro de Dois Mundos ficou muito abaixo do esperado, com apenas US$ 47 milhões. Por isso uma continuação passou a ser considerada muito difícil, mas ainda assim, no total o filme detêm o título de melhor adaptação de um videogame, tendo ultrapassando o antigo recordista, O Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo, que faturou US$ 336 milhões.

Fonte: Cinema Blend.

relacionados


Comentários