Meio Bit » Engenharia » Kalashnikov apresenta seu super-carro “Tesla-Killer”

Kalashnikov apresenta seu super-carro “Tesla-Killer”

A Kalashnikov resolveu de novo sair de sua zona de conforto e foi invadir terreno de outros. Dessa vez da Tesla. Sério, eles apresentaram um supercarro para competir com o melhor de Elon Musk.

3 anos atrás

0_pay-cen-giantrobot-03

“De todas as armas do vasto arsenal soviético, nada era mais lucrativo do que a Avtomat Kalashnikova modelo 1947, mais comumente conhecida como AK-47, ou Kalashnikov. É o fuzil mais popular do mundo Uma arma que todos os guerreiros amam. Uma elegantemente simples combinação de 4 kg de aço forjado e compensado. Ela não quebra, engasga ou superaquece. Vai atirar se estiver coberta de lama ou cheia de areia. É tão simples que mesmo uma criança consegue usar, e elas usam. Os soviéticos colocaram a arma em uma moeda. Moçambique a colocou em sua bandeira. Desde o fim da Guerra Fria a Kalashnikov se tornou o maior produto de exportação da Rússia, seguida de vodca, caviar e escritores suicidas. Uma coisa é certa, ninguém estava fazendo fila pelos carros deles.”

Orlov, Yuri, no excelente documentário O Senhor das Armas.

A história do Grupo Kalashnikov tem mais de 200 anos, com muitos altos e baixos mas ainda assim se mantendo como o maior produtor de armas leves do mundo, atendendo 95% do mercado da Rússia. O faturamento de US$ 16 bilhões vem em boa parte de seu produto mais famoso, a AK-47 e a AK-74, versão modernizada criada em 1974. Mesmo assim eles tentam diversificar, mas a empresa parece meio perdida, para usar uma figura de linguagem rasteira digna da Grande Imprensa, a Kalashnikov está atirando pra todos os lados.

Eles vivem fazendo anúncios aleatórios, como o Igorek, o “robô” da imagem de abertura, é nada mais que um modelo estático de um Mecha com 3,9 m de altura, colocado na frente da empresa. Está sendo vendido como revolucionário equipamento de engenharia e combate, sendo que NINGUÉM a sério pesquisa mechas, só funcionam em animês.

É algo feito por algum desocupado e colocado na frente da empresa para ganhar likes nas interwebs.

Outros projetos são mais sérios, mais absurdos e mais divertidos, como o… Supercarro-Conceito Elétrico CV-1!

5b7f074efc7e934d468b463d

Segundo o material de divulgação da Kalashnikov…

“O supercarro elétrico colocará a empresa lado a lado com os outros fabricantes mundiais de carros elétricos, como a Tesla, e competirá com eles”

A turma das Interwebs, que não vale nada, sacou na hora que o tal supercarro é um kibe do Izh 2125, um carro soviético dos Anos 70 que atende pelo fatídico nome de… Kombi.

1102

A suspeita é que pegaram um Kombi velho, deram uma geral, alteraram com um kit de grade frontal e o pessoal do marketing escreveu toda a groselha de que era elétrico e revolucionário, mas é difícil entender como chamaram esse troço de supercarro. Super em quê, passar vergonha? O troço tem a mesma aerodinâmica do John Goodman.

5b7f09f2dda4c871058b4622

Não acho que o Elon Musk vá se derreter (sorry Estadão) por causa desse novo concorrente, mesmo na improvável possibilidade que o carro venha a ser produzido. Mas com certeza ele se divertiu mais do que deveria vendo esse troço.

O preocupante é que a Kalashnikov está perdida, e não deveria. Ela fabrica o produto mais popular do mundo, armas. As chances de todo mundo dar as mãos cantando Kumbaya em volta de uma fogueira com todas as armas do planeta são as mesmas do tal carro dar certo. Zero. Como eles podem estar mal das pernas?

E se você acha que é exagero dizer que não sabem pra onde ir, lembro que a Kalashnikov um tempo atrás mostrou seu… “carro voador”. Pelo menos o pobre Mikhail Kalashnikov morreu em 2013 e não teve que ver essa pataquada que se tornou sua empresa.


Russia Today → Troops In Flying Cars? Kalashnikov unveils futuristic manned ‘copter’

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários