Meio Bit » Games » THQ Nordic adquire as franquias Alone in the Dark e Act of War

THQ Nordic adquire as franquias Alone in the Dark e Act of War

THQ Nordic continua abrindo os cofres e logo depois de comprar a franquia Kingdoms of Amalur: Reckoning, eles anunciaram que agora também são donos das marcas Alone in the Darks e Act of War.

2 anos atrás

A THQ Nordic pode não ter a tradição nem o renome das maiores editoras do planeta, mas aos poucos a empresa de origem sueca está construindo um portfólio digno de dar inveja a muitas companhias do ramo. Basta darmos uma olhada na página dedicada aos seus games para vermos que eles já contam com vários nomes de respeito e pouco tempo depois de anunciarem a compra da franquia Kingdoms of Amalur: Reckoning, eis que mais duas séries foram adquiridas.

Começando pela mais importante delas, Alone in the Dark foi lançado no início da década de 90 e embora muitos achem que o Resident Evil foi o pai dos survival horrors, esse título na verdade cabe ao jogo criado por Frédérick Raynal e publicado pela Infogrames. Inspirado por contos do escritor H. P. Lovecraft, aquele game brilhava pelos gráficos bastante avançados para a época e por contar com uma jogabilidade bem diferente do que tínhamos até então.

Como só fui ter um computador muitos anos depois deste clássico ter sido lançado, o meu primeiro contado com o AitD foi na casa de um amigo e fiquei muito impressionado com o que vi. Alguns meses depois li uma revista que trazia dicas do segundo jogo e nunca esquecerei a parte em que tínhamos que colocar um jornal sob a porta, para depois empurrar a chave que estava na fechadura. Assim poderíamos pegá-la para entrar no local e naquele momento só passava pela minha cabeça que nunca imaginei que algo tão complexo poderia ser feito num jogo eletrônico.

Com o passar dos anos vários outros capítulos foram lançados, a série foi perdendo força e mesmo o filme baseado nela não conseguiu mudar a situação. Então, depois de muitos anos sendo tão maltratada pela Atari, a marca passou a ser quase que totalmente ignorada pelas novas gerações e mesmo com os três primeiros jogos estando à venda em serviços como o Steam ou o GOG, infelizmente muita gente hoje em dia não sabe o impacto que eles tiveram na indústria.

Quanto a segunda compra, trata-se do Act of War, um jogo de estratégia em tempo real que foi desenvolvido pela Eugen Systems e que chegou às lojas em 2005. Com sua história escrita por Dale Brown, um aposentado capitão da Força Aérea dos Estados Unidos, o título conseguiu conquistar alguns fãs do gênero, mas nunca chegou a se tornar um grande sucesso.

O que não sabemos por enquanto é o que a THQ Nordic pretende fazer com essas novas aquisições, mas assim como disse no caso do Kingdoms of Amalur: Reckoning, não ficarei surpreso se remasterizações dos Alone in the Darks e do Act of War aparecerem em breve. Resta saber se essas versões melhoradas precisarão de autorizações das empresas envolvidas anteriormente, assim como acontece no caso do jogo que era publicado pela Electronic Arts.

Já em relação a THQ Nordic, confesso que nunca imaginei que a editora viria a se tornar um monstro tão grande quanto vem se tornando. A pergunta agora é: qual antiga franquia será a próxima?

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários