Meio Bit » Robótica e IA » Microsoft e Shell testam Inteligência Artificial para combater a estupidez natural

Microsoft e Shell testam Inteligência Artificial para combater a estupidez natural

Pessoas em geral não são muito inteligentes mas algumas capricham, tipo o pessoal que adora fumar enquanto abastece o carro. Agora a Shell e a Microsoft estão testando um meio de identificar essa gente e soar alarmes, usando nada menos que inteligência artificial!

3 anos atrás

Vou contar um segredo: As pessoas são burras. O humano médio está longe de se destacar da maioria dos fungos em termos de capacidade de raciocínio. Em verdade 50% das pessoas estão abaixo da média de inteligência, e a maior prova disso é o número de gente que acha essa estatística assustadora.

Uma das missões impossíveis da tecnologia é proteger humanos de si mesmos. Dizem que toda placa de aviso tem uma história por trás, lembre-se do aviso nos manuais de microondas de que não se deve usar o forno para secar animais domésticos.

A lista é imensa, tem de tudo. De indiano que tentou abrir a porta do avião durante o vôo achando que era o banheiro, até camisas com etiquetas dizendo para não passar a ferro enquanto estiver vestindo a tal camisa. Criamos legislação para que pessoas não sejam darwinisticamente mortas pela própria estupidez. GELO vem com aviso de que não contém glúten, ou então o contrário, onde é preciso avisar aos alérgicos que OVO contém ovo.

Em um mundo ideal, que prestigiasse minimamente a inteligência e punisse a estupidez, um sujeito que tivesse uma crise alérgica por comer ovos que não tinham a indicação de que contêm ovo seria punido afogado num barril de ovos de avestruz. Hoje? Ele processa a granja e ganha.

Lembre-se, temos avisos de Proibido Fumar em lojas de fogos de artifício e refinarias.

Claro, há o exagero, como a superstição de que celulares geram fagulhas e por causa disso aqui no Rio há LEIS proibindo usar celular em posto de gasolina. Você sabe, o aparelho no seu bolso ou na sua mão está seguro mas se você FALAR nele magicamente começa a soltar fagulha pra todo lado tipo a lua de mel do Michael J. Fox com a Sininho.

Postos de gasolina aliás são um hotspot (sorry) de imbecis, tipo esta retardada aqui que tentou descongelar o gatilho da bomba de gasolina... com um isqueiro.

Agora a Shell e a Microsoft resolveram atacar o problema de idiotas em postos de gasolina com uma abordagem diferente. Um dos maiores riscos são idiotas fumantes que abastecem sem largar seus malditos cigarros, responsáveis por 21% dos incêndios em postos de gasolina nos EUA.

Idealmente isso se resolveria com snipers, mas são profissionais caros e os frentistas reclamam de ter que lavar os cérebros do chão. A alternativa é usar os circuitos de vídeo dos postos.

O projeto usa inteligência artificial e machine learning para ensinar o sistema a identificar pessoas fumando ou em vias de acender um cigarro. Em teoria o sistema soa um alarme especial, ou aciona o tal sniper, de preferência, mas há um problema.

Esse tipo de tecnologia demanda muito processamento, e postos de gasolina não são conhecidos por ter CPDs lotadas de máquinas tipo as que o Linus Tech Tips costuma construir. Uma saída é usar processamento remoto, e a rede Azure da Microsoft é perfeita pra isso, entretanto postos de gasolina também não são conhecidos por terem conexões de banda ultralarga.

A solução foi desenvolverem algoritmos otimizados para rodar localmente, privilegiando velocidade no lugar de precisão. Eles identificam as atitudes suspeitas mas sem a confiança do resultado de um sistema completo rodando em um cluster. Esses possíveis positivos são enviados para a nuvem Azure, que então faz o processamento completo e devolve o resultado imediatamente.

Os testes estão sendo feitos em dois postos Shell, em Cingapura e na Tailândia, e muita gente vai dizer que é invasão de privacidade, mas a regra é clara: Se é algo que pode ser feito por um peão olhando um monitor, automatizar não torna em invasão de nada.

De resto, tenho muito pouca simpatia por quem se acha no direito de fumar em postos de gasolina.

Fonte: TNW

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários