Meio Bit » Internet » Time Traveler: viaje no tempo com as palavras em inglês do dicionário Merriam-Webster

Time Traveler: viaje no tempo com as palavras em inglês do dicionário Merriam-Webster

O Time Traveler é uma pequena viagem no tempo pra quem fala inglês, mostrando as palavras que entraram no dicionário Merriam-Webster ao longo dos anos.

3 anos atrás

O site Time Traveler pode ser uma verdadeira viagem no tempo, como o nome promete, pelo menos pra quem fala ou pra quem está aprendendo a falar inglês. No site podemos ver em que período do tempo determinadas palavras começaram a ser usadas, ou pra ser mais preciso, foram consideradas como uso pela primeira vez pelo Merriam-Webster.

Site Time Traveler do dicionário Merriam-Webster mostra palavras em inglês ao longo dos anos.

Ao clicar sobre as palavras, você abre a definição e pode saber mais sobre ela, inclusive o significado, mas a graça mesmo é ver como a sociedade mudou ao longo dos anos, através dos termos que começam a ser usados. O Merriam-Webster esclarece que o que é definido como o “Primeiro Uso Conhecido” não é necessariamente a primeira vez que a palavra foi usada, já que palavras são faladas por décadas até serem passadas para a linguagem escrita, como eles citam neste post.

É que as palavras dizem muito sobre o ano no qual foram cunhadas ou reconhecidas. Antes de cerca de 1500, os termos são identificados por séculos, não por anos individuais. Já que falamos do ano do descobrimento do Brasil, não dá pra deixar de citar as palavras do ano, como "Brownie", "Civil Law", Clash", "Fair Play" e "Minion".

Pra citar como exemplos, vamos fazer uma viagem pelos Campeonatos Mundiais conquistados pela Seleção Brasileira. Começando por 1958, quando o Brasil foi campeão pela primeira vez, posso destacar as palavras "Glitch", In-box", "Nuke", "Onboard", "Software", "Solar Wind", Think Tank" e "Uptime", além, é claro de "Smart Ass". Em 1962, no ano do Bi, temos palavras como "AA cell", "AK-47", "Database", "Front-end", "Gigawatt", "RPG" e "Win-win".

O próximo ano da viagem temporal imaginária deste post é o longínquo ano de 1970, um belo ano no qual o Brasil foi Tricampeão mundial no México e eu cheguei neste planeta, no qual temos várias palavras interessantes, como "Techie", "Superbad", "Punk Rock", "Whistle-Blower" ou "X-rated".

Em 1994, quando vi o Brasil ser Tetra no estádio Rose Bowl em Pasadena, podemos encontrar entre as palavras da lista do Time Traveler "Alt-pop", "Cybercafe", "Dot-com", "MP3", "Webcam" e "Panettone". Peraí, mas Panettone? Essa palavra eu tenho certeza que é muito mais antiga que isso, mas o ano em questão é o que a palavra entrou no dicionário Merriam-Webster, não o ano em que a palavra foi inventada.

Pra continuar na onda das Copas do Mundo, em 2002, uma das palavras que surgiram foi "Airplane mode", muito antes do iPhone, "Noob", "Dubstep" (Deadpool aprovaria), "Selfie", "TL:DR" e "Vlog". A partir daí, o Brasil não ganhou mais Copas, mas vamos em frente. Entre as palavras dignas de menção em 2006 separei "Crowdfunding" e "Crowdsourcing", em 2007, tivemos "Hashtag", "Retweet" e "Netbook", em 2008, "Bitcoin", "Mansplain", "Photobomb" e "Unfollow", e em 2009, "Alt-right", "Anti-vaxxer" e "Subtweet".

Como era de se esperar, nos últimos anos, menos palavras têm sido adicionadas, afinal de contas, alguns anos atrás, a palavra do ano do Dicionário Oxford foi inacreditavelmente um emoji, mas podemos destacar "Instagram" e "Gamification" em 2010, "Blockchain" em 2011, "Bingeable" em 2013 e "ICO", ou "Initial Coin Offering" em 2014.

No site é possível pesquisar pelo ano de nascimento do usuário, ou qualquer ano que tenha alguma relevância para cada um, e descobrir quais são as palavras em inglês começaram a ser mais usadas naquele período, ou quase isso. De qualquer maneira, o Time Traveler pode ser uma diversão pra quem gosta das palavras no velho idioma bretão.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários