Meio Bit » Mobile » Niantic, que fez Pokémon Go, firma parceria com as Nações Unidas para jogos de AR

Niantic, que fez Pokémon Go, firma parceria com as Nações Unidas para jogos de AR

A ideia não é de caçar Rattatas ou dominar portais, mas é algo parecido e que vai trazer um monte de turista com celular nas mãos

3 anos atrás

A Niantic, que você deve bem conhecer como a mãe do Pokémon Go e do Ingress, divulgou nesta terça-feira (20) uma parceria com as Nações Unidas. O objetivo da amizade entre os dois lados é de criar jogos de realidade aumentada para fomentar o turismo - não, você não vai caçar Zubats no Cristo Redentor ou na Ópera de Arame.

O Ingress nasceu em 2013, de dentro do Google e fez sucesso até hoje com as próprias pernas que têm nome de Niantic. A Pokémon Company, que é o braço da Nintendo responsável pela marca Pokémon, curtiu a ideia e chamou a empresa para criar o Pokémon Go.

Ele ainda não entrega o que foi prometido no primeiro trailer inicial, com caçadas de Charizards em campos abertos ou Pikachus correndo pela cidade, mas também conseguiu sucesso, preveniu suicídios no Japão e chegou a fazer US$ 1,2 bilhão (quase R$ 4,5 bilhões) em receita no ano passado.

Agora, a empresa que colocou todo jogador sedentário para andar em um mapa que é o mundo todo, firmou parceria com as Nações Unidas para pegar a ideia de realidade aumentada e aplicar em jogos que fomentam o turismo no mundo de verdade. A cooperação será com a Organização Mundial do Turismo, que é uma agência especializada das Nações Unidas para o desenvolvimento e a promoção do, espere um pouco: turismo.

A ideia é de fomentar o turismo com base em experiências que a Nitantic conseguiu com seus jogos. O projeto colocará a empresa de Ingress para a curadoria de campanhas que promovam a exploração e aumentem a visibilidade de destinos ao redor do mundo.

Os jogos criados, sim você leu certo e está no plural, “serão baseados em exercícios físicos, interação social e exploração”, diz a Niantic. Ainda é cedo para afirmar como serão estes games, mas com a experiência que já tive com Ingress e Pokémon Go, dá para imaginar algo como um título que te faz ir até um ponto turístico e abre informações sobre ele em realidade aumentada e que mistura alguma coisa da gameficação dos check-ins do Swarm.

Com informações: Niantic.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários