Meio Bit » Hardware » nVidia confirma a GTX 1660 Ti e lança esta bela GPU mid-end até… no Brasil

nVidia confirma a GTX 1660 Ti e lança esta bela GPU mid-end até… no Brasil

nVidia deixa de lado alguns frufrus da microarquitetura Turing e lança, inclusive no Brasil, a GeForce GTX 1660 Ti.

3 anos atrás

Para a maioria dos gamers (tio Laguna incluso), recursos como o raytracing em tempo real (DXR) e o DLSS não são muito necessários no momento. Apesar de possuir televisor 4K, não ligo o PC desktop nele e acho mais cômodo aproveitar a maior resolução através de um console como o Xbox One X.

São basicamente esses motivos (e o preço elevado) que me fizeram não prestar muita atenção nas novas GPUs com o DXR, nem mesmo nas placas de vídeo com a GeForce RTX 2060. Pagar mais caro por recursos que vou (talvez) usar vez por outra não me faz sentido ainda.

É mirando em gamers como eu, provavelmente a maioria, que a nVidia lançou nesta sexta-feira (22) a GeForce GTX 1660 Ti.

Laguna_ASUS_GTX_1660_Ti_peq

Definindo essa nova GPU, me permitam uma analogia meio polêmica: o processador gráfico GTX 1660 Ti é basicamente a pastilha de silício nVidia TU102 (GeForce RTX 2080 Ti) “cortada” ao meio e sendo retirados os frufrus trazidos pela Turing, como o suporte via hardware ao DXR e DLSS.

A vantagem é termos disponível no mercado uma placa de vídeo já com a microarquitetura Turing, e a um preço bem bacana. O único defeito é o nome. Imagino que muito leigo vai achar que a GTX 1660 Ti seria superior a uma GeForce GTX 1070, por exemplo. Se bem que não daria para nomear como RTX pelos recursos ausentes, então fica por isso mesmo.

Aliás, vamos às especificações:

nVidia GeForce RTX 20x0 GTX 16x0 GTX 10x0
GPU → RTX 2060 GTX 1660 Ti GTX 1060
desempenho bruto 6,5 Tflop/s 5,4 Tflop/s 4,3 Tflop/s
desempenho em raytracing 5 GRay/s
desempenho bruto em raytracing 37 TRop/s
núcleos CUDA 1.920 1.536 1.280
configuração 48 ROPs
120 TMUs
48 ROPs
96 TMUs
48 ROPs
80 TMUs
frequência
(boost)
1.365 MHz
(1,68 GHz)
1.500 MHz
(1,77 GHz)
1.506 MHz
(1,71 GHz)
VRAM 6 GB G6 6 GB G6 6 GB G5
clock da memória 14 GT/s 12 GT/s 8 GT/s
interface da memória 192 bits 192 bits 192 bits
TDP 160 W 120 W 120 W
preço normal
(no lançamento)
US$ 349
(ou ≈ R$ 2.299)
US$ 279
(ou ≈ R$ 1.699)
US$ 299
(ou ≈ R$ 1.999)

·
5,4 teraflop/s por 280 trumps, desempenho e custo-benefício superiores aos de determinados concorrentes. Isso quando falamos em jogos na resolução 1080p ou mesmo 1440p. Para 4K é melhor apostar numa GeForce RTX 2060 (ou acima) mesmo.

O melhor detalhe da nova GeForce: as placas de vídeo com a GTX 1660 Ti já estão disponíveis no Brasil e saem por menos de 1.700 taoqueis. Isso mesmo, aqui na barbárie já dá para encomendar uma belezinha dessas. A logística dos fabricantes parceiros da nVidia foi exemplar.

Fonte: nVidia, via Rock Paper Shotgun e PC Gamer.

Leia também:

relacionados


Comentários