Meio Bit » Ciência » Para desespero do Lito, patentearam um… caça de passageiros com cápsula de fuga

Para desespero do Lito, patentearam um… caça de passageiros com cápsula de fuga

1 ano e meio atrás

Os registros de patentes estão repletos de idéias mirabolantes. Você pode patentar algo sem apresentar um protótipo funcional, e o escritório não faz julgamentos morais ou de ordem prática. O resultado é que são patenteadas verdadeiras pérolas, como a máquina de parto usando força centrífuga (eu sei). Agora (ok, tecnicamente em 2001) uma patente conseguiu ser mais ridícula ainda, o Caça de Passageiros.

A idéia dos lesados é que o negócio tenha grande capacidade de passageiros e um custo baixo, tornando simples o transporte supersônico. (calma não ria ainda)

A patente descreve uma cabine para seis passageiros, com sistemas de suporte de vida que seria colocada nas costas de um Mig-31. Obviamente não haveria serviço de bordo e muito menos banheiro. Na verdade os passageiros não poderiam sequer ficar de pé.

Para tornar a viagem mais confortável ainda, os "projetistas" incluíram o foguete auxiliar de combustível sólido, pra ajudar o caça a atingir grandes altitudes.

Agora a parte que fará o @avioesemusicas arrancar os cabelos: Como se não fosse suficiente enfiar 6 pessoas, sistemas de suporte de vida, ar-condicionado, aquecedores, aparato de comunicação e tudo mais que há em uma cabine normal nesse charuto, eles ainda acham que há espaço para um... paraquedas.

Isso cai naqueles velhos problemas: Um avião em situação de emergência é um momento em que os pilotos estão ocupados tentando resolver... a emergência. Ninguém vai ejetar passageiros ao primeiro aviso que apitar vermelho. Se for uma falha catastrófica, não dará tempo. Se for um acidente na decolagem ou no pouso (como a maioria dos acidentes aéreos) o paraquedas não funcionará.

Uma cápsula daquele tamanho exigirá um paraquedas ENORME que deverá ser acionado assim que a cápsula for ejetada, e estamos falando de uma superfície plana que dará de cara com uma parede de ar em velocidade supersônica. Na ínfima impossibilidade da cápsula não ser esfarelada pelo vento e/ou os passageiros não forem mortos pelas extremas forças G, a cápsula descerá até o solo, onde os sobreviventes morrerão com o impacto, visto que mesmo as Soyuz, bem menores e levando 3 pessoas usam retrofoguetes no último segundo pra reduzir a velocidade, mesmo com os paraquedas.

Ah sim vão enfiar não sei aonde flutuadores caso a cápsula caia no mar.

Agora, vamos às considerações práticas, de por quê é uma péssima idéia usar um caça para levar passageiros.

O Mikoyan MiG-31 Foxhound voou pela primeira vez em 1975, ele foi criado para ser uma resposta ao SR-71 Blackbird, o avião espião com tecnologia alienígena que voava impunemente sobre a União Soviética embora oficialmente os EUA digam que nunca violaram as fronteiras do inimigo.

Ele tem 22.6 metros de comprimento, um 737 Max, quando montado tem no máximo 43 metros. Ele tem um alcance teórico de 3000Km, com teto acima de 25 mil metros e velocidade de cruzeiro de Mach 2.35 (2500km/h).

isso não é suficiente para alcançar um SR-71, mas ele tinha um modo turbo onde chegava a Mach 3.2 mas caso sobrevivesse o motor teria que ir pra retífica depois do vôo (e isso não é uma piada). Mesmo assim é um avião magnifico que continua em uso na Força Aérea Russa e na do Casaquistão. Só que é... caro.

Um Mig-31 custa US$60 milhões. Um 737 Max custa US$100 milhões, embora negociando dê pra se conseguir um desconto, a Ethiopian Airlines dizem tem um pra vender, no estado.

O problema é que o Mig-31 leva duas pessoas. Com a tal cabine, oito, sendo 6 passageiros. O 737 Max 7 leva 153 passageiros. O custo operacional, dividido por 6 ao invés de 153 será HORRENDO.

Um 737-800 da American Airlines tem um custo operacional por hora de US$2180.

Vejamos o custo da hora de vôo em alguns aviões:

  • F-16: US3600
  • Mirage 2000-5MK2/9: US$5000
  • F-15: US$17000
  • Gripen NG: US$3000
  • Sukhoi 30: US$7000
  • Embraer ERJ 145: US$3503,70
  • Boeing 757: US$8383,15
  • Airbus A320: US$7099
  • F-22: US$58059
  • B-2 Spirit: US$130159

Assumindo que o Mig-31 tem o mesmo custo de hora de vôo do Sukhoi (e não tem ele é bem mais caro mas estou com preguiça) Um vôo de uma hora pra sair no zero-a-zero COMEÇARIA em US$1200,00. Quer mesmo um caça na sua ponte-aérea?

O grande segredo do transporte aéreo barato não é a velocidade, os aviões hoje voam na mesma velocidade de 30 anos atrás, o segredo é otimizar o custo operacional da aeronave, e usar aviões pequenos, por isso o 737 e o A320 reinam absolutos. Quanto maior o avião, mais complexo e mais custosa a manutenção. Um A380 tem um custo/hora de US$29000. TREZE VEZES o de um 737, ele teria que levar 1989 passageiros para compensar o custo em rotas curtas. E lotado até o teto, leva 853.

Vender a idéia de transporte supersônico em caças vai contra toda a realidade que a indústria descobriu a duras penas, vide o Concorde, maravilhoso mas caro demais, os passageiros preferiam levar mais tempo para atravessar o atlântico, mas com mais conforto. Ninguém com dinheiro no bolso vai topar ser passageiro num caixão voador nas costas de um Mig-31, quem tem dinheiro pra isso aluga um Gulfstream, ou já tem um na garagem.

Ah sim, se você quiser MESMO voar num Mig-31, pode clicar aqui e comprar um vôo com direito a acrobacias e subida até a estratosfera. Custa US$18730 e dura 40 minutos, mas HEY os caras lá da patente sabem como fazer magicamente isso baixar pra menos que uma passagem da BRA em meio de semana...

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários