Meio Bit » Internet » MySpace perde 12 anos de músicas em migração. Ninguém notou.

MySpace perde 12 anos de músicas em migração. Ninguém notou.

2 anos e meio atrás

A maioria dos jovens sequer se lembra do MySpace, mas ele era extremamente popular, em 2008 chegou a ser mencionado no primeiro filme do Homem de Ferro;

Em 2006 o MySpace tinha mais visitantes que o Google. Em 2008 faturava US$800 milhões por ano, chegou a ter 1600 funcionários e um bilhão de usuários registrados.

Hoje o site tem uma receita anual de US$109 milhões (o que no Vale do Silício equivale a uma pobreza senegalesca) e 150 funcionários.

Criado como uma rede social para agregar fãs e criadores de música independente, o MySpace foi por vários anos imensamente influente, atraindo investimentos como um contrato de publicidade do Google de 3 anos de duração e valor de US$900 milhões, mas todas as coisas boas um dia chegam ao fim e em 2008 mesmo o Facebook o ultrapassou em visitação, e olha que ele ainda estava nos primórdios de sua implantação, com Zuckerberg ainda respondendo diretamente para o Supremo Comando em Ceti Alpha IV.

Assolado pela falta de renovação de usuários, o MySpace foi saindo de moda, as pessoas ficavam velhas e iam pro Facebook e pro Twitter. Os jovens, passavam direto também.

Os investidores foram perdendo a paciência. A Fox colocou US$1 bilhão e não viu retorno, outras plataformas eram mais práticas e acessíveis para novas e velhas bandas, e o layout.... ah o layout... este é o MySpace HOJE:

Essa coisa horrorosa vem passando de mão em mão faz tempo, cada vez mais desvalorizado. Em 2011 foi comprado por Justin Timberlake por US$35 milhões, em 2016 foi comprado pela Time, Inc e em janeiro de 2018 foi vendido para a Meredith Corporation, que também não sabe o que fazer com ele.

Agora a cereja do bolo: Muita coisa que você tentar tocar não vai funcionar, e a culpa não é do seu navegador. Durante alguma migração para servidores mais baratos o estagiário deu um drop database, comitou a operação e quando foram ver sumiram com toneladas, gigatoneladas de dados.

Foram apagados TODOS os vídeos, fotos e músicas subidos para o MySpace entre 2003 e 2015.

Já era, deletados, exterminados, eviscerados, dizimados. E não, eles não tem backup de nada.

O pior de tudo é que a reação nas redes sociais foi... zero. Nada, *barulho de grilos*. O MySpace é tão irrelevante que ele perdeu uma parte considerável de sua História e ninguém ligou.

Ser História é a parte triste. Pedaços da infância de muita gente, fotos preciosas, as primeiras músicas da banda desafinada ensaiando na garagem de alguém, as paqueras, fotos de viagens com pais que hoje podem estar mortos, amigos que se perderam, tudo se foi. Todos esses momentos perdidos no tempo, como lágrimas na chuva.

Hora de morrer, MySpace.

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários