Meio Bit » Entretenimento » Doutor Jivago vai virar série de TV feita por Michael Hirst, criador de Vikings

Doutor Jivago vai virar série de TV feita por Michael Hirst, criador de Vikings

Doutor Jivago vai virar uma série de TV feita pelo criador de Vikings, e assim como o filme de David Lean, deve mostrar de perto a Revolução Russa de 1917

1 ano e meio atrás

O criador, roteirista e produtor de Vikings, Michael Hirst, resolveu transformar o clássico filme Doutor Jivago (Doctor Zhivago) em uma minissérie de 8 episódios de 52 minutos cada (segundo informações do pôster usado na divulgação), que deve estrear em uma data ainda não definida.

Pôster da nova série Doutor Jivago

Pelo visto Michael Hirst também adora o filme dirigido por David Lean em 1965, que tinha o saudoso Omar Sharif no papel principal, e que venceu cinco Oscars, mas acabou perdendo nas categorias principais. Lean não deve ter ficado muito chateado, já que tinha ganho o Oscar de melhor diretor por seus dois últimos filmes, Lawrence da Arábia (1962) e A Ponte do Rio Kwai (1957), que também levaram a estatueta de melhor filme. Pelo menos Doutor Jivago levou o Oscar de melhor roteiro adaptado.

O livro de Boris Pasternak foi publicado em 1957, e durante um longo tempo permaneceu proibido na então União Soviética, por mostrar um lado controverso da Revolução Russa de 1917. A obra fez um grande sucesso no resto do mundo, e Doutor Jivago levou seu autor a ganhar o prêmio Nobel de literatura um ano depois da sua publicação, algo que certamente fez os líderes soviéticos na época arrancarem os seus próprios cabelos.

A trama de Doutor Jivago começa em 1905 e vai até a Segunda Guerra Mundial, mostrando a vida do personagem título, o Dr. Yuri Jivago, que é médico e poeta, e apaixonado pela bela Lara Antipov, que é casada com Pasha, que depois acaba se tornando o guerrilheiro revolucionário Strelnikov.

Não se trata de um triângulo amoroso pois existe outro envolvido, Victor Komarovsky, que acaba sendo o principal antagonista. Doutor Jivago é uma clássica história de amor, mas tanto o livro quanto o filme são capazes de dar contornos e tintas épicas a esses dramas pessoais.

A intenção de Michael Hirst parece ser tocar na ferida mesmo: “muitas pessoas no mundo hoje estão sofrendo as consequências de guerras, revoluções e desintegração da sociedade. Esse projeto vai além das restrições do filme e vai abraçar a história maior da jornada do próprio Dr. Jivago dentro do vórtice da revolução; e irá deliberadamente conectar mais com os eventos de hoje em dia, da América Latina às ruas de Paris.”

Além de ter criado Vikings, Hirst também criou as séries The Tudors e Camelot, e escreveu os roteiros dos filmes Elizabeth de 1998 e sua sequência, Elizabeth: A Era de Ouro de 2007, ambos com a incrível Cate Blanchett no papel título. Ele também estava produzindo junto com com Martin Scorsese The Caesars, uma série sobre o começo do Império Romano, mas ao que tudo indica, esse projeto subiu no telhado.

Pôster da nova série Doutor Jivago

Vamos ter que aguardar para ver como será a série, já que Doutor Jivago ainda não tem um canal escolhido para sua exibição.

relacionados


Comentários