Meio Bit » Entretenimento » Carla Gugino pode estar no elenco de A Maldição da Mansão Bly de Mike Flanagan

Carla Gugino pode estar no elenco de A Maldição da Mansão Bly de Mike Flanagan

A Maldição da Mansão Bly pode ter a volta de Carla Gugino ao elenco, pois ela está em conversas com Mike Flanagan para participar da segunda temporada

2 anos atrás

A primeira temporada da série A Maldição da Residência Hill (The Haunting of Hill House), exibida ano passado, foi inspirada no clássico filme de The Haunting que Robert Wise dirigiu em 1963 a partir do livro de Shirley Jackson. O roteirista e diretor Mike Flanagan realmente fez um trabalho meticuloso com a obra original, que ampliou bastante o seu universo para dar conta com sobras de uma série com 10 episódios, todos devidamente arrepiantes.

Em fevereiro foi anunciado que essa excelente série da Netflix seria transformada em uma antologia de terror chamada A Maldição, e que a nova temporada que estreia ano que vem seria chamada The Haunting of Bly Manor, ou A Maldição da Mansão Bly. A nova temporada também vai passar em uma casa mal-assombrada, e é mais uma vez inspirada em um clássico da literatura, desta vez a famosa novela The Turn of the Screw (A Volta do Parafuso) que Henry James escreveu em 1898.

A trama de A Maldição da Mansão Bly é uma história de fantasmas contada em um encontro de amigos em uma véspera de Natal, na qual uma governanta é contratada para cuidar de duas crianças e se muda para a Mansão Bly, na qual coisas estranhas começam a acontecer. Quem gostou da primeira temporada deve estar tão animado quanto eu.

Até agora a gente não sabia nada sobre o elenco, mas a atriz Carla Gugino, que viveu Olivia Crain na primeira temporada, deu a entender que existe a possibilidade dela voltar (a atriz, não a personagem). A revelação foi feita em uma entrevista ao The Wrap, na qual ela disse tem conversado bastante com Flanagan sobre voltar ao elenco: “Não posso falar nada definitivo nesse ponto, além do que eu e Mike realmente amaríamos trabalhar e colaborarmos juntos e qualquer oportunidade na qual a agenda nos permita fazer isso, ficaremos honrados”.

Apesar de não ter confirmado nada, pelo visto está bem animada para participar: “estamos conversando bastante sobre isso e vamos ver se nossas agendas permitem. Tudo que posso dizer é que estou animada para a segunda temporada e para ver o que Mike vai fazer.” Além de uma das atrizes principais da primeira temporada da série The Haunting também já trabalhou com Flanagan no filme Jogo Perigoso (Gerald´s Game) de 2017, inspirado no livro de Stephen King, também lançado pela Netflix.

Em outro post do Wrap, o ator Oliver Jackson-Cohen (que fez o filho adulto da personagem de Carla na primeira temporada) disse que iria “levar um tiro” se respondesse se estará ou não no elenco de A Maldição da Mansão Bly, já fiquei imaginando que a série pode quem sabe seguir o caminho de American Horror Story, e colocar os mesmos atores para viver diferentes personagens ao longo das temporadas, como uma companhia teatral. Como gostei muito das atuações do elenco da primeira temporada, acho que essa seria uma bela surpresa.

Infelizmente a segunda temporada de A Maldição só chega no ano que vem, mas antes disso pelo menos teremos a estreia do próximo filme do diretor Mike Flanagan, Doutor Sono (Doctor Sleep), que pra quem não conhece, é a sequência de O Iluminado, ou seja, mais uma obra de Stephen King adaptada pelo cineasta.

Se você ainda não viu, clique aqui para assistir a primeira temporada de A Maldição da Casa Hill na Netflix. Eu recomendo.

relacionados


Comentários