Meio Bit » Software » Novidades para o OneDrive: "Cofre Pessoal" e mais espaço de armazenamento

Novidades para o OneDrive: "Cofre Pessoal" e mais espaço de armazenamento

Pasta segura do OneDrive será protegida por impressão digital, PIN ou autenticação em duas etapas; espaço do plano básico dobrou de 50 para 100 GB

2 anos atrás

A Microsoft anunciou novidades para o OneDrive: o seu serviço de armazenamento na nuvem vai em breve contar com uma Pasta Segura, que a empresa chama de Cofre Pessoal, para proteger arquivos importantes com camadas extras de segurança.

Não obstante usuários do plano básico de 50 GB passará a contar com o dobro de espaço, enquanto assinantes do Office 365 terão a opção de contratar GBs adicionais para o serviço.

OneDrive / cofre pessoal

Donos de celulares da Samsung conhecem bem o conceito de Pasta Segura: com ela você pode proteger arquivos e fotos confidenciais (no caso, até aplicativos) em uma área protegida, acessível apenas por uma combinação de chave biométrica (reconhecimento facial ou impressões digitais) e os bons e velhos padrão, senha ou PIN do Android. Todos os arquivos protegidos são criptografados, e o app Pasta Segura pode até mesmo ser ocultado ou disfarçado.

A Microsoft pegou alguns desses conceitos e os aplicou dentro do OneDrive, criando uma pasta específica para itens que o usuário não quer que outros tenham acesso. O Cofre Pessoal só pode ser acessado por PIN, senha, impressão digital, reconhecimento facial, código enviado por SMS ou autenticação em duas etapas, e por isso mesmo é totalmente compatível com o app Microsoft Authenticator, disponível para iPhone e Android.

Você pode fotografar ou escanear documentos normalmente usando o app do OneDrive em seu celular, mas terá a opção de manda-los direto para o Cofre Pessoal e não deixa-los dando sopa na pasta pessoal. Os arquivos são protegidos via criptografia, usando o BitLocker no PC e os recursos nativos do iOS e Android, embora você precise ativa-los em seus dispositivos móveis.

Um recurso muito útil é o de autolock: após um certo período de inatividade o Cofre Pessoal é automaticamente trancado novamente, seja no PC ou nos celulares, e o usuário precisa fazer uma nova autenticação para acessar os arquivos protegidos. Isso evita que você deixe a pasta segura aberta e vá fazer outra coisa, dando espaço a xeretas e intrometidos.

OneDrive / cofre pessoal

A Microsoft informa que o Cofre Pessoal será liberado em breve, inicialmente apenas para usuários da Austrália, Nova Zelândia e Canadá; os demais países receberão o recurso até o fim do ano.

Plano básico do OneDrive passa de 50 para 100 GB

A Microsoft também anunciou mudanças em alguns dos planos pagos de armazenamento do OneDrive. O pacote básico, que dá direito a 50 GB de armazenamento na nuvem foi dobrado para 100 GB, sem custo adicional; no Brasil, o plano custa R$ 7 por mês.

A empresa informa que a mudança é automática para todos os usuários do plano, mas no que tange ao Brasil, a alteração ainda não foi feita e pode ser que os usuários daqui levem um tempo até serem contemplados (se você assina este plano, deixe suas impressões nos comentários). O plano gratuito não mudou, permanecendo com 5 GB de espaço.

OneDrive / planos de expansão

Já o plano atrelado ao Office 365 está recebendo uma novidade interessante, a possibilidade de expansão do espaço de armazenamento. Por padrão, a suíte de escritório por assinatura oferece 1 TB por usuário (de apenas um no Personal a até seis no Home), mas em breve você poderá comprar de 200 GB a 1 TB extra, por valores entre US$ 2 e US$ 10 mensais.

Segundo a Microsoft, os pacotes de expansão serão disponibilizados nos próximos meses, em todos os países onde o Office 365 está disponível.

Com informações: Microsoft.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários