Meio Bit » Games » Presidente da EA explica falta de apoio ao Switch

Presidente da EA explica falta de apoio ao Switch

Tendo lançado apenas 4 jogos para o Switch até hoje, o CEO da EA Electronic Arts afirmou que as pessoas preferem jogar seus títulos em outras plataformas.

2 anos atrás

Com o Switch tendo se tornado a plataforma onde diversos jogos mais venderam, não chega a surpreender vermos diversas empresas se esforçarem para levar seus jogos para o híbrido da Nintendo. Isso tem permitido que vários grandes títulos sejam adaptados para ele, mas você reparou que a EA é uma editora que não tem dado atenção para o aparelho?

Nintendo Switch

Até o momento a Electronic Arts lançou apenas quatro títulos (FIFA 18, FIFA 19, Unravel Two e Fe) para o Switch, com a próxima edição do jogo de futebol estando prevista para chegar a ele em setembro. Porém, assim como aconteceu com as versões anteriores, o FIFA 20 não contará com recursos importantes como o modo FUT ou o novo Volta.

Mas o que estaria por trás desta falta de interesse da EA numa plataforma que tem sido tão interessante para tantas companhias? Pois ao divulgar o relatório financeiro do primeiro trimestre, o CEO Andrew Wilson foi questionado sobre o motivo para o Switch não receber uma versão do The Sims, quando deu a seguinte resposta:

Sempre que avaliamos uma plataforma estamos olhando para algumas coisas. Primeiro, o jogo realmente se encaixa no perfil da plataforma em termos de controle ou do ecossistema da comunidade? Segundo, nós achamos que a comunidade jogando naquela plataforma poderá apreciar o jogo ou preferiria jogá-lo em qualquer outro lugar?

Temos muitos dados que podem sugerir que muitos donos de um Switch também possuem um PlayStation 4 ou um Xbox One ou um PC e muitas vezes eles preferem jogar os games que fazemos nestas plataformas, mesmo que tenham um Switch e se divirtam com os ótimos conteúdos disponíveis para o Switch.

Ainda assim, o executivo tomou o cuidado de não descartar plenamente uma versão do The Sims para o videogame da Nintendo, mesmo afirmando que o jogo tem se saído muito bem em outras plataformas. Para reforçar sua opinião, ele disse que recentemente a EA realizou uma promoção e naquela ocasião eles conseguiram trazer 7 milhões de novos jogadores para a franquia

Tudo bem, o número é realmente impressionante e não duvido que a EA realmente tenha informações sobre o pessoal preferir jogar alguns dos seus jogos em outros consoles ou no PC. Porém, será mesmo que não valeria a pena colocar uma equipe para adaptar o jogo e assim aumentar ainda mais essas adesões? Será que no Switch um jogo como o The Sims venderia tão pouco que não justificaria o investimento?

Talvez eu esteja errado, mas sempre tive a sensação de que jogos como um The Sims ou SimCity seriam perfeitos para um aparelho como o Switch, sem falar nos muitos relançamentos que a EA poderia estar trazendo para o híbrido. Por se tratar de uma companhia que quase sempre é criticada por só pensar no dinheiro, essa indiferença em relação a uma plataforma tão bem sucedida comercialmente chega a ser um pouco estranha.

Fonte: Nintendo Everything.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários