Meio Bit » Games » Conseguirá o Switch chegar a 100 milhões de unidades?

Conseguirá o Switch chegar a 100 milhões de unidades?

Analistas estimam que o Nintendo Switch poderá ter um ciclo de vida maior que o esperado e que o console poderá vender até mais que o Wii.

32 semanas atrás

Tentar entender a indústria de videogames não é uma tarefa das mais fáceis e uma das principais responsáveis por isso é a Nintendo. De tempos em tempos a empresa japonesa é dada como morta por muita gente, para logo depois colocar um super-sucesso no mercado e se reerguer de maneira espetacular. Com o Switch foi exatamente assim.

Nintendo Switch

Lançado em 2017 e tendo vendido mais de 42 milhões de unidades até o momento, o híbrido de console e portátil já pode ser considerado um grande acerto e dado o seu desempenho comercial, alguns analista começam a fazer previsões bastante empolgadas em relação ao aparelho que sucedeu um dos maiores fracassos da BigN, o Wii U.

Com a expectativa de vender 18 milhões de unidades no atual ano fiscal (que termina em março de 2020), isso faria com que o Nintendo Switch ultrapassasse o número de vendas do Super Nintendo (49,1 milhões) e se as estimativas se confirmarem, pode ser até que um maior tempo no mercado faça com que o videogame se torne um dos mais vendidos de todos os tempos.

É normalmente quando as vendas começam a atingir o seu pico, mas parece que o Switch poderá ter um ciclo de vida mais longo,” afirmou Kazunori Ito, analista da Morningstar Investment Services. “Com um console e um portátil em uma única máquina, a Nintendo possui uma plataforma muito eficiente para vender jogos.

Já para o famigerado analista Michael Pachter, o Nintendo Switch poderá vender 20 milhões de unidades pelos próximos três anos, o que faria com que ele facilmente atingisse a tão emblemática marca de 100 milhões. Vale lembrar que o Wii vendeu pouco mais de 101 milhões de unidades e com o PlayStation 4 atualmente por volta de 102 milhões de unidades vendidas, será que o Switch terá fôlego para passar até o videogame da Sony?

Particularmente acho isso muito difícil, mesmo porque o PS4 ainda deverá vender bastante pelos próximos meses (e até anos), mas como em outro momento eu já tive dúvida em relação ao sucesso do Switch, não ficarei nada surpreso se o futuro mostrar mais uma vez que eu estava errado.

De qualquer forma, será interessante vermos por quanto tempo o híbrido continuará despertando o interesse nas pessoas, algo que até o momento parece bem longe de acabar. É importante notar que as vendas ainda poderão aumentar devido a vontade de algumas pessoas que já possuem o videogame e que desejam adquirir outra unidade, seja para compartilhar com membros da família, seja para aproveitar a característica mais portátil da versão Lite.

A Nintendo por sua vez tem tentado capitalizar o máximo possível em cima do sucesso do Switch, com o presidente Shuntaro Furukawa tendo dito a investidores que a empresa não pretende reduzir o preço cobrado pelo videogame e que essa estratégia será mantida pelo maior tempo possível.

Curiosamente, essa posição se dá alguns meses após a companhia ter reduzido a sua previsão de vendas para o atual ano fiscal e um dos motivos para eles terem optado por manter o preço do Switch pode ter sido justamente o lançamento de uma versão mais barata, permitindo assim que eles atingissem a maior quantidade possível de consumidores.

Fonte: Bloomberg.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários