Meio Bit » Entretenimento » CCXP 2019 — Disney traz novidades para cinema e parques

CCXP 2019 — Disney traz novidades para cinema e parques

A Disney dominou o sábado com um painel gigantesco, com diversos conteúdos exclusivos de seus estúdios, incluindo Fox e Blue Sky

31 semanas atrás

Só deu a Disney no sábado (7). A gigante do entretenimento reservou o auditório principal durante todo o dia na CCXP 2019, de modo a trazer uma série de novidades a seus fãs: de pré-estreia de Frozen 2 a cenas inéditas de produções da Marvel e Lucasfilm, teve de tudo.

Lucasfilm / Star Wars: A Ascensão Skywalker / Disney

Frozen 2: Elsa e Anna quase não foram irmãs

O sábado começou com a já tradicional pré-estreia anual da animação da Disney para o fim de ano na CCXP, no caso, Frozen 2. Após a exibição, o diretor Chris Buck e o produtor Peter Del Vecho subiram ao palco para dar alguns detalhes da trama, que tem como ideia central o sentimento de busca por pertencimento no mundo. Além disso, a ideia de ambientar o filme no outono simboliza as mudanças que Elsa e Anna estão passando.

Buck e Del Vecho também revelaram que nos rascunhos iniciais de Frozen: Uma Aventura Congelante, as duas protagonistas não eram irmãs, mas o enredo só pegou tração quando o parentesco foi estabelecido. Por fim, o diretor considera o hit Let it Go uma música falha, que não simboliza de forma ideal a cena em que foi inserida.

Frozen 2 estreia dia 2 de janeiro de 2020.

Dois Irmãos: Uma história pessoal

O próximo filme da Pixar, que estreia em março teve 8 minutos revelados em três cenas distintas. O diretor Dan Scanlon revelou que a trama da obra é baseada em sua própria história de vida: seu pai faleceu quando ele tinha apenas um ano de idade e seu irmão, três. Assim, ambos não têm lembranças dele e no caso do diretor, ele só sabe como era a voz do pai por causa de uma fita K-7, onde ele dizia apenas "oi" e "tchau".

Em Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica, os ogros Ian e Barley Lightfoot (dublados respectivamente por Tom Holland e Chris Pratt na versão original) perderam o pai quando eram muito jovens e foram criados pela mãe (Julia Louis-Dreyfus, a Elaine de Seinfeld). O mundo do filme é povoado por criaturas mágicas que não usam mais magia, considerada um mito. Aqui, as fadas montaram gangues de motociclistas (elas têm asas, mas desaprenderam a voar) e os unicórnios são a versão fantástica dos guaxinins, que adoram revirar latas de lixo.

As coisas mudam quando os irmãos ganham um cajado mágico, junto com uma magia de retorno dos mortos que dura apenas um dia, um desejo que o pai deixou para que pudesse conhecer os filhos, agora mais velhos.

As cenas reveladas mostram a magia de conjuração dando errado, uma sequência de perseguição das fadas e o "salto de fé", uma clara referência a uma das cenas mais icônicas de Indiana Jones e a Última Cruzada.

Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica chega ao Brasil dia 5 de março de 2020.

Um Espião Animal: Will Smith "empombado"

A Blue Sky, estúdio de animação originalmente da Fox e responsável pela franquia A Era do Gelo é hoje mais uma subsidiária da Disney, mas os trabalhos permanecem separados. Assim, a companhia continuará entregando filmes mais cômicos e despreocupados, como é o caso de Um Espião Animal.

Neste filme, Lance Sterling (Will Smith) é o maior e mais classudo (e mais convencido) espião do mundo, que acaba acusado de um crime que não cometeu. Para desaparecer, ele apela para um técnico que havia demitido (Tom Holland, o moleque está em todas) em busca de uma tecnologia de camuflagem, mas após um passo muito errado, Sterling acaba virando um pombo.

A dupla de diretores Nick Bruno e Troy Quane trouxe alguns detalhes do filme, sobre como o Smithpombo é o único que fala e tem sombrancelhas (além de manter a gravata borboleta), como forma de se diferenciar das demais aves. As cenas exclusivas reveladas trazem toda a sequência de transformação e uma perseguição, além de uma tentativa de infiltração que não dá muito certo.

Um Espião Animal estreia dia 23 de janeiro de 2020.

Free Guy: Ryan Reynolds, o super NPC

Ainda dentro da Fox, temos o primeiro trailer de Free Guy: Assumindo o Controle. O filme traz Ryan Reynolds como Guy, que descreve exatamente o que ele é, um "cara" comum. Ou melhor, um NPC em um jogo online similar aos títulos da franquia Grand Theft Auto. No entanto, Guy começa a se questionar sobre seu papel monótono em sua "vida", e decide que ele precisa se tornar "o" cara.

Do lado de fora do jogo, uma dupla de programadores descobrem que os NPCs passaram a desenvolver rotinas próprias não previstas, culpa de um código de implementação de IA avançado. Guy é o ápice dessa tecnologia pois se tornou auto-consciente, o que o leva a ser confundido com um jogador. Ele só não sabe que vive dentro de um jogo que para piorar, será desligado em breve.

Ryan Reynolds esteve no painel falando sobre o filme, que na sua opinião é o seu preferido entre todos os que atuou (foi mal, Deadpool), por ser 100% original e não baseado em nada, por mais que absorva a trope de uma máquina/IA adquirindo consciência. Desde que o Guy não vire o Trevor, tá valendo.

Free Guy: Assumindo o Controle chega ao Brasil dia 9 de julho de 2020.

Marvel Studios: Kevin Feige traz Os Eternos

Mavel Comics / The Eternals /os eternos marvel

Kevin Feige, o manda-chuva da Marvel fez uma apresentação extremamente curta (ele consumiu 20 minutos de 45 previstos) para trazer apenas duas novidades: primeiro, ele mencionou que as filmagens d'Os Eternos estão a todo vapor, mas embora o filme não esteja nem perto de ficar pronto, o executivo exibiu o primeiro trailer inédito e já pós-produzido da obra.

O trailer mostra cenas diversas, como Ajak (Salma Hayek) fazendo um discurso, Thena (Angelina Jolie) em uma cena de combate, Ikaris (Richard Madden) e Sersi (Gemma Chen) em uma sequência que sugere um romance, Gilgamesh (Don Lee) em um cenário que se parece com a Suméria antiga, e Druig (Barry Kheogan) recebendo os demais Eternos em sua casa, que parecem desorientados. Há indícios de que Eternals Vol.3, série de Neil Gaiman e John Romita Jr. lançada em 2006/2007 servirá de base para a história.

Segundo, foram exibidas novas cenas de Viúva Negra, com uma expansão da discussão de "família" e uma outra, em que o Guardião Vermelho (David Harbour) pergunta se o Capitão América, seu "nêmesis ideológico" já o mencionou, o que deixa Natasha fula da vida.

Feige também adiantou algumas palhinhas, como fotos de estúdio de séries da Disney+ que estrearão em breve, como Falcão e Soldado Invernal e Wandavision, esta bem curiosa, em preto-e-branco e mostrando Wanda (Elizabeth Olsen) e Visão (Paul Bettany) como um casal típico dos anos 1950.

Viúva Negra estreia dia 30 de abril de 2020; já Os Eternos só deve chegar no fim do ano que vem.

Viva sua história em Star Wars: Galaxy's Edge

Scott Trowbridge, executivo criativo de portfólio para Walt Disney Imagineering, a divisão de design e produção dos Parques, Experiências e Produtos da Disney veio à CCXP para falar da tão esperada experiência de Star Wars na Disneyworld, Galaxy's Edge. aberta recentemente, ela representa uma mudança de foco em como a Casa do Mickey conduz suas atrações no parque.

Ao invés de fazer o caminho tradicional, inserindo os visitantes nas tramas dos filmes, Trowbridge bateu o pé com a cúpula para criar uma experiência individual e única para cada pessoa que por lá passar. Em suma, os visitantes podem criar e desenvolver suas próprias histórias.

Quem for curtir Galaxy's Edge visitará um posto inédito, que nunca apareceu nos filmes ou séries e interagirá tanto com personagens novos, como a espiã Vi Moradi, que apareceu no livro Phasma, e outros conhecidos porém menores, como o pirata Hondo Ohnaka, que já deu as caras em Clone Wars, Rebels e outras mídias; é ele quem dá as missões em Smuggler's Run, a experiência que permite até quatro pessoas pilotarem a Millenium Falcon.

A experiência completa de Star Wars: Galaxy's Edge, incluindo a adição recente Rise of the Resistance já está disponível para todos os visitantes da Disneyworld.

O Legado de Star Wars

O mega painel da Disney se encerrou com o diretor JJ Abrams e os atores Daisy Ridley, John Boyega e Oscar Isaac falando sobre as expectativas de Star Wars: A Ascensão Skywalker e o legado que a franquia deixará para o futuro, agora que a antologia original está chegando ao fim. Kathleen Kennedy, presidente da Lucasfilm não participou do painel como programado, por motivos não revelados.

Star Wars / Omelete / Disney

Oscar Isaac, John Boyega, Daisy Ridley e JJ Abrams (Diego Padilha/Divulgação)

Abrams ressaltou que esta será a primeira vez em que Rey, Finn e Poe Dameron estarão em missões juntos, e o trio disse o quanto eles se tornaram amigos nos seis anos de projeto. O diretor também mencionou que está empolgado para que os espectadores vejam como ele inseriu o imperador Palpatine na trama, sem dar spoilers obviamente.

O grupo lembrou novamente de Carrie Fisher, da decisão de não inserir uma general Leia Organa digital à presença que ela ainda exerce na produção, mesmo tendo nos deixado dois anos atrás. Por fim, foi exibida a cena completa da perseguição no deserto, liberada ao público apenas como um teaser curto, o já clássico "they're flying now":

Star Wars: A Ascensão Skywalker estreia dia 19 de dezembro.

relacionados


Comentários